Abastecer com álcool só compensa em quatro Estados

25/01/2011 16:45

Paulistas ainda têm litro mais barato; motorista pode escolher combustível no CE, PR e PE

 

Desde o fim do ano passado, o preço do álcool continua subindo nos postos brasileiros. Na semana encerrada no último sábado (22), o combustível passou de R$ 1,856, em média, para R$ 1,864, segundo pesquisa de preços da ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis). 

Assim como na semana anterior, o álcool só compensa em quatro Estados brasileiros. O consumidor deve optar pelo álcool em Goiás, Mato Grosso, São Paulo e Tocantins. O levantamento de preços da agência do governo leva em conta os preços coletados entre os dias 16 e 22 de janeiro. 

O consumidor paulista é o que paga o menor preço pelo litro do álcool: R$ 1,741. Os paranaenses têm o segundo combustível mais em conta do país, a R$ 1,808. 

Em três Estados brasileiros, Ceará, Paraná e Pernambuco, o motorista dos carros bicombustíveis podem escolher tanto o álcool como a gasolina, já que a divisão do preços do primeiro pelo da segunda gera um número na casa de 0,7. 

O condutor consegue descobrir qual combustível compensa ao dividir o preço do álcool pelo da gasolina. Se a conta gerar um número abaixo de 0,70, compensa abastecer com etanol. 

O cálculo se baseia no poder calorífico do motor a álcool, que equivale a 70% do poder encontrado nos motores a gasolina. A forma de dirigir e o modelo do veículo influenciam no consumo de combustível do carro.

Por outro lado, a gasolina continua mais vantajosa que o álcool em 20 unidades federativas. 

Ainda vale a pena escolher o derivado do petróleo no Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Sergipe. 

Na Bahia, o motorista desembolsa R$ 2,762 pelo litro da gasolina e R$ 1,979 pelo litro do álcool. Em Minas Gerais, o consumidor paga, em média, R$ 2,554 pelo litro do derivado do petróleo, enquanto o combustível da cana-de-açúcar sai por R$ 1,903. No Rio Grande do Sul, a gasolina custa R$ 2,57, enquanto o álcool é comercializado por 2,131.

Fonte:R7

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!