Aprosmat realizará Plantão Pré-colheita até o mês de abril

06/02/2011 22:26

A Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso (Aprosmat) se prepara para mais um sistema de Plantão Pré-colheita. Segundo a gerente técnica de sementes da Aprosmat, Denise Miranda, o plantão começou no último dia 31 de janeiro com a análise as cultivares precoce e super precoce. “A expectativa é que o fluxo aumente ainda mais a partir da próxima semana, devido à seca a colheita de cultivares de soja teve um pequeno atraso, mas já estamos nós preparando para receber as amostras”.

A gerente explica que o Plantão Pré-colheita consiste no atendimento em horário especial, das 4h às 22h, todos os dias da semana, inclusive sábado e domingo para recebimento de amostras de sementes e, a avaliação da qualidade das amostras entregues ao laboratório. A entidade oferece os testes de tetrazólio, pureza, identificação e quantificação de sementes esverdeadas, germinação, entre diversos outros.

O teste de tetrazólio (Tz) é rápido, de apenas 24 horas e, de grande importância, porque fornece informações fundamentais ao produtor, além da viabilidade das sementes, o mesmo informa sobre o vigor e, ainda identifica os possíveis problemas que afetam o desempenho das sementes, tais como, danos mecânico, por umidade e percevejo.

Segundo Denise a importância dessas analises de pré-colheita é para que o produtor tenha um direcionamento antes da colheita. “Essa analise é feita para o produtor conhecer a qualidade do campo e, a partir desse momento ele saberá se a colheita será realizada como semente ou como grão, ou seja, ele terá um indicativo de qualidade, pois o modo de colheita para a semente é diferenciado, já o grão não requer grandes cuidados na captação”.

Outra relevância desse processo é a viabilidade econômica que as analises prévias oferecem a colheita. “Por exemplo, se a analise de pré-colheita não foi realizada e, o produtor confia apenas no resultado de analises do lote pronto, decidindo fazer no campo, a colheita, o beneficiamento e o ensacamento, ele pode correr o risco de não obter uma analise positiva, ou seja, todo o processo será inviável”, explica Miranda.

Denise revela também que existem duas unidades de Plantão Pré-colheita, fora da sede da Aprosmat, para atender a demanda das cidades de Alto Garças e Itiquira, sendo que ambas estarão em funcionamento apenas no mês de março. “Esse procedimento ocorrerá até o final da colheita, que está prevista para o mês de abril. Sendo que a finalidade do plantão é de facilitar a vida dos produtores, muitas vezes devido às distâncias das propriedades com a sede da Aprosmat, as amostras não chegam a tempo”, afirma Denise Miranda.

Fonte:Olhar Direto


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!