Assentados de Novo São Joaquim, se cansam da esperar, e ateam fogo em ponte

04/08/2010 23:30

  Moradores do assentamento Santo Idelfonso, no município  de Novo São Joaquim, no Vale do Araguaia,  atearam fogo em uma das pontes sobre o Rio Noidori, na tarde da ultima sexta-feira (23). Os assentados estavam revoltados com a situação precária da ponte que oferecia risco para os usuários. Desde setembro que a situação de reforma da ponte vinha se "arrastando" de um lado para o outro.

 
De acordo com o assentado Damásio Brito- “Damasinho”, a comunidade estava cansada, e esta foi uma maneira de “chamar a atenção” para uma providência urgente. “Quem passava sobre a ponte corria risco, e como forma de resolver ateamos o fogo”, relatou.
 
Em  outubro, o deputado Adalto de Freitas Filho fez uma visita no assentamento e verificou “in loco” a situação da ponte. Em seguida, encaminhou expediente à Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) para tentar solucionar o problema. Em resposta, a Sinfra informou que a manutenção não era de competência do Estado, e sim, do município.
 
 
A situação da ponte era preocupante e estava com os dias contados. “O vão da ponte cedeu de forma acentuada e estava com seus batentes danificados devido à ação do tempo e colocava em risco a vida dos trabalhadores que a usavam para escoar a produção e outros fins”, explicou.
 
O parlamentar alertou que em breve os alunos retornarão às aulas e poderão ficar prejudicados com a falta de acesso. Ele ainda se colocou a disposição do prefeito Leonardo Farias para viabilizar recursos para a construção da ponte. O assentamento abriga cerca de 600 famílias que estão isolados aguardando uma providência emergencial da Prefeitura de Novo São Joaquim. 
 
Fonte:Folha de Paranatinga

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!