BC decreta intervenção no Banco Morada

28/04/2011 09:08

O Banco Central decretou nesta quinta-feira intervenção no Banco Morada, com sede no Rio de Janeiro, em decorrência do comprometimento patrimonial, do descumprimento de normas do Conselho Monetário Nacional e da autoridade monetária e do fato de seus controladores não terem apresentado um plano de recuperação viável.

A instituição financeira de pequeno porte, autorizada a operar carteiras comercial e de crédito, financiamento e investimento, tem apenas uma agência na cidade do Rio de Janeiro. Em dezembro passado, detinha 0,01% e 0,03% dos ativos e dos depósitos totais do Sistema Financeiro Nacional, respectivamente, segundo o BC.

O banco faz parte do grupo econômico Morada, controlado pela empresa Morada Investimentos S.A., e detém participação direta ou indireta nas empresas Morada Viagens e Turismo Ltda., Morada Informática e Serviços Técnicos Ltda. e Morada Administradora de Cartões de Crédito Ltda.

Cerca de 32% do total dos depósitos à vista e a prazo da instituição tem garantia do FGC (Fundo Garantidor de Depósitos).

O Banco Central informa, em nota, que está "tomando todas as providências cabíveis na situação, visando a apuração das responsabilidades, nos termos de suas competências legais de supervisão do sistema financeiro".

Ainda de acordo com a autoridade monetária, os resultados da apuração poderão levar à aplicação de medidas punitivas de caráter administrativo e à comunicação às autoridades competentes, observadas as disposições legais aplicáveis.

Líder no mercado de crédito consignado (com desconto em folha de pagamento), o BMG estava em negociação para aquisição dos bancos Morada e Schahin. A compra desse último foi fechada ontem (27) por R$ 230 milhões.

Fonte:Folha.com


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!