Fraudes e superfaturamento podem levar abertura de "CPI da Educação"

24/03/2011 09:29

Fraudes em obras, superfaturamento em compras e licitações não concluídas, são os principais argumentos dos deputados estaduais da para, em fim, abrir a “caixa preta” da Secretária de Educação de Estado de Mato Grosso (Seduc), provendo assim uma devassa já anunciada na pasta que detêm um dos maiores orçamentos do Estado - cerca de R$ 1,3 bilhão.  

Com a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a concessão de licenças para exploração de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH´s), em 90 dias como governador reeleito, Silval Barbosa (PMDB) sofre seu segundo revês desta vez, com o anúncio da “CPI da Educação”. 

Liderados pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Riva (PP) os parlamentares não hesitaram, e por maioria aprovaram durante a sessão ordinária desta quarta-feira (22), um requerimento criando uma tomada de contas especial para investigar denúncias de irregularidades na Seduc. 

Não é de hoje que a pasta é alvo de investigação e durante as eleições de 2010, não foi diferente. O uso da estrutura governamental para prática eleitoreira foi à base dos mandados de busca e apreensão na pasta, solicitado a época pelo o procurador regional eleitoral, Thiago Lemos. Vale ressaltar que a Seduc esteve e está sob o comando de uma ala Partido dos Trabalhadores ligado ao grupo do ex-deputado federal e presidente do PT em Mato Grosso, Carlos Abicalil. 

O anúncio da auditagem contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial na Seduc e a possível abertura da “CPI da Educação”, deve tirar o sono de muita gente e promover uma movimentação intensa nos bastidores. Além disso, pode ser o presságio de uma possível crise entre os Poderes Executivo e Legislativo – já que lideranças políticas defendem maior abrangência dentro da atual administração.

Fonte:24HorasNews

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!