Governo coloca barco para atender população e evitar isolamento de Colniza

06/03/2011 10:58

Para garantir que a populaçãode Colniza, no extremo Norte do Estado,  não fique ilhada, a Secretaria de Transporte e Pavimentação Urbana (Setpu), em caráter de emergência e urgência, já providenciou um barco para atender a localidade que teve a ponte levada pela força da água do rio Aripuanã, que chegou encobrir a estrutura. O barco deve iniciar suas atividades na próxima segunda-feira, dia 7, quando chegará ao local. Essa medida garante o abastecimento de Colniza e Guariba, além do trânsito de pedestres e motocicletas. A população contará com a prestação gratuita desses serviços.

A solução em curto prazo encontrada pela Setpu para restabelecer o translado de veículos foi a retomada da balsa que existia no local e que funcionou até a inauguração da ponte em 2004. Inclusive a exploração foi concedida à mesma empresa privada que realizava o serviço na época. A secretaria disponibilizará as três carretas e um trator de esteira necessários para o translado da balsa até o rio Aripuanã.

A balsa entrará em atividade nos próximos 45 a 60 dias. Segundo o responsável pela Centro Oeste Navegações, Rodrigo Doerner, são necessários 10 dias para cortar a balsa que está na sede da empresa em Sinop, 20 dias para soldar a estrutura que será transportada parte por rodovias, parte por rios, e mais 15 dias para esse translado.

“Duas carretas sairão de Sinop até Juara pela MT-220, depois as partes da balsa vão boiando até Juruena pelos rios Arinos e Juruena, quando voltam pras carretas e vão até Colniza pela MT-208”, explicou Doerner.

Para a solução definitiva, o secretário da Setpu, Arnaldo Alves, solicitou que seja feito estudo de viabilidade para a construção de uma nova ponte.

Fonte :24HorasNews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!