Ibama multa em R$ 12,8 milhões municípios de MT

01/06/2011 11:22

 Total de área embargada já chega a 2.171,55 hectares

 

 

 


Há o registro de denúncias recebidas na base montada em Confresa

DA REDAÇÃO

 

A operação Guardiões do Araguaia do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis já lavrou nos municípios da região noroeste de Mato Grosso, principalmente em Confresa, Vila Rica e São Félix do Araguaia, 20 autos de infração com multas que somam mais de R$ 12,8 milhões, por destruírem a floresta amazônica.

A operação envolve agentes ambientais federais de Goiás, Rio Grande do Sul e Mato Grosso, que verificam polígonos de desmatamentos em campo identificados por meio de imagens de satélite. Além disso, há o registro de denúncias recebidas na base montada em Confresa.

Segundo o chefe da Operação, Stanley Vaz dos Santos, "o total de área embargada já chega a 2.171,55 hectares e deve aumentar consideravelmente uma vez que são apenas treze dias de operação".

Entre as infrações que estão ocasionando a destruição da floresta amazônica na região, as mais frequentes tem sido a derrubada da vegetação seguida de queima da área e o incessante e gradativo uso do fogo até a completa destruição para a formação de pastagens.

Foi verificada, também em campo, a técnica de anelamento do caule das árvores (retirada da casca e de uma fina camada lenhosa), obstruindo-se o fluxo de seiva elaborada que alimenta toda a planta na tentativa de confundir a fiscalização ao induzi-la a crer que as mesmas foram mortas naturalmente uma vez que, neste processo, as árvores ressecam e não ficam as marcas do corte por motosserra.

Fonte:Midia News

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!