Magazine Luiza fecha compra das Lojas do Baú

13/06/2011 09:54

SÃO PAULO - A Magazine Luiza informou hoje, em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que assinou um memorando de entendimentos com a BF Utilidades Domésticas Ltda., a BF PAR Utilidades Domésticas Ltda. e a Silvio Santos Participações S.A. para a aquisição do negócio de varejo de eletroeletrônicos e móveis explorado pela rede Baú da Felicidade. O negócio, avaliado em R$ 83 milhões, prevê a compra de 121 lojas localizadas no Paraná, em Minas Gerais e em São Paulo.

"A aquisição das Lojas do Baú reforça a estratégia do Magazine Luiza de consolidação da sua presença nos mercados de atuação, com destaque para o fortalecimento das operações no Paraná e na região metropolitana da São Paulo", informa a empresa no fato relevante. A companhia destaca, além da localização estratégica, o foco da rede na classe C, mesmo público-alvo das lojas do Magazine Luiza.

Segundo a empresa, a celebração dos contratos definitivos deve ser feita até 30 de junho. A companhia informa que o valor da aquisição representa cerca de 20% do faturamento bruto das lojas em 2010, "indicando um alto potencial de geração de valor para os acionistas". O número considera que as lojas não terão nenhuma dívida ou caixa a serem pagos integralmente na data do fechamento da transação.

A aquisição, segundo a empresa, inclui além das 121 lojas do Baú os respectivos contratos de locação, equipamentos e instalações das lojas, dos escritórios e centros de distribuição, incluindo sistemas de informática (hardwares e softwares) e a propriedade da base de clientes (cerca de 3 milhões).

Expansão

Segundo a empresa, com a aquisição, o Magazine Luiza aumenta sua área total de vendas em mais 46 mil metros quadrados, equivalentes a cerca de 11% da área de vendas atual. O Magazine Luiza informa ainda que parte das lojas adquiridas, principalmente no Paraná, deverão ser convertidas em lojas virtuais, reforçando também a estratégia do grupo de investimento nesse canal de vendas, com maior produtividade e menor necessidade de capital de giro.

A aquisição, segundo a empresa, representa ainda oportunidade de crescimento para a Luizacred. "Com cerca de 3 milhões de clientes cadastrados, essa aquisição representa mais uma oportunidade para a Luizacred expandir sua base de cartões de crédito, oferecendo todos seus produtos e serviços de financiamento aos clientes", informou a empresa. Segundo a varejista, em 2010, as 121 unidades do Baú registraram receita bruta total (dados não auditados) de R$ 415 milhões, equivalente a R$ 9 mil por metro quadrados. No mesmo período, as lojas físicas do Magazine Luiza faturaram R$ 14,2 mil por metro quadrado.

Fonte:Estadão


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!