Obras beneficiam 69 escolas indígenas

22/12/2010 08:12

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) realiza a construção de 68 escolas índígenas que oferecerá novas instalações para 32 sedes de Escolas Estaduais Indígenas (EEIs) e para 36 salas anexas. Estes investimentos beneficiam 48% das 66 EEIs existentes atualmente.

As obras vão abranger 106 salas de aula em 21 municípios (unidades com até seis salas). O investimento é de aproximadamente 16,1 milhões de reais. São recursos do Fundo Nacional de Educação (FNDE), viabilizados por meio do Programa de Ações Articuladas (PAR) da Educação.

A construção destas unidades foi distribuída em seis lotes. Desses, cinco já têm definidas as empresas em processos licitatórios, restando apenas uma parcela dos lotes.

O primeiro lote abrange sete EEIs, sendo 17 salas de aulas. Estas escolas estão localizadas nos seguintes municípios de Ariapuanã, Juína, Brasnorte e Juara. O segundo lote tem seis escolas, com 19 salas, beneficiando os municípios de Apiacás, Peixoto de Azevedo, Santo Antônio do Leverger, Tangará da Serra e Porto Esperidião.

O terceiro lote apresenta três escolas e unidades anexas, que representam 20 salas de aula, no município de Gaúcha do Norte. O quarto lote ainda está em processo de licitação. Possui cinco EEIs, mais salas anexas, com 23 salas de aula. Os investimentos vão beneficiar os municípios de Feliz Natal, Marcelândia, São Felix do Araguaia e São José do Xingu.

O quinto lote apresenta duas unidades, com cinco salas de aula, nos municípios de Confresa e Santa Terezinha. Finalmente, o sexto e último desses lotes inclui nove EEIs, com 22 salas, nos municípios de Paranatinga, Barra do Garças, Campinápolis, General Carneiro e Querência.

Algumas das salas anexas e sedes de escolas beneficiadas estão bem distantes entre si. É o caso, por exemplo, da EEI “Ikpeng”, em Feliz Natal (536 km a Norte de Cuiabá). A escola tem cinco sala anexas. A da Aldeia Steinen o acesso é por 120 quilômetro de chão, mais balsa, por Feliz Natal. As outras quatro têm acesso pelo município de São José do Xingu, seguindo rio Xingu e, em alguns casos até um dia de balsa. A sala anexa da Aldeia Gosôko, da EEI “Kisedjê”, em Querência (947 Km a Nordeste de Cuiabá), está 210 quilômetro distante da sede do município, com acesso em estrada de chão.

Fonte: Diario News


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!