Reforma agrária em MT é um balcão de negócios no Incra, denuncia MPF

31/12/2010 09:23

Reforma agrária em MT é um balcão de negócios no Incra, denuncia
MPF A reforma agrária no estado de Mato Grosso é um grande balcão de negócio que conta com a participação de funcionários do Incra que precisa ser combatido, denuncia o procurador Mario Lúcio Avelar, segundo o qual existem centenas de denúncias de irregularidades nos processos de assentamento.

O Ministério Público Federal e a Polícia Federal investigam esquema de venda lotes na região do extremo norte de Mato Grosso, especialmente em áreas no município do Novo Mundo (785 km de Cuiabá), conforme foi mostrado no Fantástico de domingo (14).

Segundo consta da denúncia, lotes que foram doados pelo governo para os assentados estão sendo comercializados em plena luz do dia por intermediários, que fazem a revenda para donos de fazendas.

Não é a primeira vez que funcionários de Incra, grileiros profissionais, e “corretores” são denunciados por conta da venda de áreas onde foram assentados colonos pelo Incra. A polícia Federal vem investigando denúncias e esquemas em vários municípios de Mato Grosso, onde os assentados, logo após receberem as terras e até mesmo casas do governo federal passam a fazer a comercialização de forma ilícita.

Fonte:Olhar Direto


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!