Riva preside AL pela 5ª vez, confira quem assume demais cargos

18/01/2011 20:24

Conforme o Portal de Notícias 24 Horas News publicou em primeira mão no último dia 9 de janeiro, a composição dos principais cargos da primeira Mesa Diretora da 16ª Legislatura que se inicia no próximo dia 1º de fevereiro, terá José Geraldo Riva (PP) deputado de quinto mandato, sendo os últimos quatro como o mais votado em Mato Grosso e entre os mais votados proporcionalmente no Brasil, como presidente pela quinta vez desde 1995 quando assumiu seu primeiro mandato de deputado estadual. De lá para cá ele já ocupou a presidência e a 1ª secretaria (os dois principais cargos da Mesa Diretora) por oito vezes, quatro em cada uma delas.

Juntamente com Riva assumem Sérgio Ricardo (PR), atual 1º secretário e que já presidiu o Parlamento Estadual. O 2º secretário será o atual presidente da AL e líder do Governo, Mauro Savi (PR) que completa o mandato de José Riva cassado pela Justiça Eleitoral no decorrer do ano passado e que se encontra com recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contrário a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TER/MT).

Os demais cargos da Mesa Diretora ainda estão em suspense, já que tanto Riva quanto Sérgio Ricardo costuram o apoio de todos os 24 deputados estaduais para demonstrar unidade e força do parlamento – o qual terá durante o governo Silval Barbosa (PMDB), uma forte presença dos deputados como se confirmou com a indicação de dois deputados federais e três estaduais para comporem do staff governamental que assumiu em 1º de janeiro.

As conversações acontecem com todos os deputados indistintamente, ou seja, mesmo aqueles seis nomes supostamente eleitos pela oposição, ao grupo político de sustentação do governador Silval Barbosa (PMDB) como no caso dos deputados Guilherme Maluf (PSDB), José Domingos Fraga e Dilmar Dal’Bosco, ambos do DEM, Percival Muniz (PPS), Luciane Bezerra (PSB) e Zeca Vianna (PDT).

Em eleições anteriores, onde era mais clara a oposição dentro da Casa de Leis, Riva, sempre articulador conseguiu conquistar a quase totalidade dos votos, quando não, os deputados votavam em branco, mas não assumiam um posicionamento contra a capacidade de articulação e de fazer política do progressista.

A perspicácia do quase futuro presidente da Assembleia Legislativa pela quinta vez é tamanha que alguns frisam ser possível o mesmo obter inclusive o voto da sua principal opositora, Luciane Bezerra que assume na condição de acidente político de percurso, pois o candidato era o marido e ex-prefeito de Juara, Oscar Bezerra, principal reduto de José Riva, mas que acabou impedido por problemas de rejeição de contas quando era prefeito do município.

Fora isso, a eleição de José Riva demonstra novamente unidade e coesão, mesmo tendo na legislatura que se inicia no dia 1º de fevereiro, nove novos deputados, sendo que dois deles, Romualdo Júnior (PMDB) e Walter Rabello (PP) já foram deputados em legislaturas anteriores. Os demais novatos são Luciane Bezerra (PSB); Tete Bezerra (PMDB); Zeca Vianna (PDT); Ezequiel Fonseca (PP); Dilmar Dal’Bosco (DEM); José Joaquim (PMDB) mais conhecido como Baiano Filho e Luiz Marinho (PTB).

Se confirmar à eleição da Mesa Diretora com os nomes previstos, dificilmente daqui a dois anos quando haverá outra disputa, já que o mandato é bienal, haja novidades, apenas o fato de que um novo líder político estará surgindo e que poderá trilhar os mesmos passos do atual José Geraldo Riva que pela primeira vez sinaliza esgotamento político no que diz respeito ao cargo de deputado estadual, ou seja, vai tentar alçar voos maiores, como por exemplo o sonhado Senado da República ou até mesmo o Governo do Estado.

Fonte: 24HorasNews/Izabela Andrade e Rubens de Souza



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!