Secretaria de Agricultura divulga balanço das atividades realizadas em 2010

04/01/2011 13:43

A Secretaria de Agricultura e Pecuária de Rondonópolis divulgou o relatório de atividades desenvolvidas pelo órgão no exercício 2010. Segundo o secretário da pasta, Valdir Corrêa, o trabalho realizado pelos quatro núcleos que compõe a secretaria levou uma série de benefícios para as comunidades da zona rural do município.


“Estamos felizes com o trabalho que fizemos este ano. O prefeito Zé Carlos do Pátio sempre esteve ao nosso lado, buscando soluções para os problemas, acompanhando as ações desenvolvidas pela Agricultura, e a consequência deste trabalho é a melhoria da qualidade de vida do homem do campo”, destaca Valdir.
O gerente do Departamento de Produção da secretaria, Genilton Pereira de Souza, informa que o Núcleo de Hortifrutigranjeiro realizou diversas reuniões, palestras e parcerias durante 2010. Segundo Genilton foram feitos 84 descontos de benefício fiscal. “Também fizemos o trabalho de assistência técnica nas hortas de entidades como a Casa Esperança e o Paulo de Tarso, além da distribuição de 50 toneladas de calcário para os sitiantes e chacareiros”.
O Núcleo realizou a distribuição de 135 quilos de sementes de hortaliças como rúcula, coentro, couve, abóbora, rabanete, alface, mostarda, maxixe, almeirão, salsa, pepino, beterraba, pimentão, berinjela, cenoura, jiló, quiabo, melancia, vagem e cebolinha. Entre as parcerias se destacam as realizadas com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) para a criação de cursos na zona rural e a parceria com o INCRA, que efetuou o mutirão de serviços em assentamentos situados no município.
Outra ação do Núcleo foi a construção de uma lavoura indígena de 41 hectares para o plantio de milho e arroz. Do programa de Crédito Fundiário se destacam a reunião no sindicato dos trabalhadores rurais para seleção de pequenos produtores a serem assentados em 64 chácaras; a Reunião do Conselho para aprovação da área onde será implantado o Cinturão Verde; reunião no Sindicato dos Trabalhadores Rurais para o sorteio do projeto do crédito fundiário, além de vistoria para a implantação do projeto citado.
Já o Núcleo de Extensão Rural realizou uma série de encontros para discutir o Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf). Foram feitas reuniões nos assentamentos Olga Benário, Carimã, Tietê; no Banco da Terra Apetrarron e Apetracentro; na Chácara Rio Vermelho e nas comunidades Café, Água Fria, Campo Limpo, Vila Bueno, Pinguela, Globo Recreio, Cascata, Boa Vista e Marajá.
O resultado destas reuniões foi a elaboração de 90 projetos do Pronaf nestas comunidades e assentamentos, nas áreas de gado de leite, gado de corte, reforma de pasto, construção de cerca, construção de barracão, matrizes de ovinos e piscicultura. No projeto ‘Água Para Todos’, Valdir destaca que oito assentamentos e comunidades foram atendidos com 23,12 quilômetros de rede de água; aquisição de cinco bombas submersas; aquisição e reforma de cinco caixas d’água e a aquisição de dois reservatórios de água com capacidade para 50 mil litros de água.
Enquanto isso a assistência técnica oferecida pela secretaria beneficiou 400 famílias no assentamento Cascata; 420 no Carimã; 480 na Aldeinha e 400 no núcleo ‘Boa Vista’. “Fizemos parcerias com a Empaer e com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais e 80 cartas de aptidão foram entregues”, lembra Valdir Corrêa.
O secretário conta que através do programa do governo federal ‘Luz para Todos’ foi feita a ligação da energia do poço artesiano dos assentamentos e comunidades do Chico Mendes, Esperança, Olga Benário e João do Feiche. “Em 2010 nós também demos andamento ao programa municipal ‘Mais Peixe’, e levamos representantes do Banco do Brasil a lugares como a região do Boa Vista”, diz Valdir. Nesse ínterim foram elaborados 60 projetos de tanque de peixes e realizadas 200 visitas técnicas para viabilização de projetos; e a Secretaria escavou 35 tanques de peixe nas comunidades Água Fria, Cabeceira de Almoço, Água Limpa, Campo Limpo e Pinguela.
PROJETOS – o Núcleo de Melhoramento Genético realizou diversos trabalhos no campo. Por meio do programa ‘Balde Cheio’, mais de 500 animais foram inseminados em 2010. Técnicos deram orientações de manejo e nutrição e orientações técnicas em geral, além de elaborar relatórios para pagamento dos contratos dos inseminadores.
Mas o trabalho desenvolvido pelo Núcleo que mais se destaca é a elaboração de projetos. Os servidores do setor fizeram a inclusão, no Portal de Convênios do Governo Federal, do projeto de Incrementação do Programa Balde Cheio’, no valor de R$ 133.250,00 mil; do projeto de Implantação de Mini-Usinas de Leite, no valor de R$ 1.118.670,00 milhão; do projeto para aquisição de Caminhão Refrigerado, no valor de R$ 176.000,00 e do projeto Resfriador de Leite, no valor de R$ 1.095.266,40.
Outros projetos incluídos são o de Aquisição de Equipamentos para Patrulha Mecanizada (R$ 475.000,00); Reativação da Fábrica de Ração e Implantação de Abatedouro (R$ 194.220,00); Implantação do Viveiro de Mudas Frutíferas e Nativas (R$ 175.090,55); Construção e Recuperação da Estrada no assentamento Carimã (R$ 436.984,02); Aquisição de Tratores e Equipamentos (R$ 833.500,00); Recuperação de Estradas Vicinais (R$ 436.984,02); Cinturão Verde de Rondonópolis (R$ 605.040,00) e Água para Todos (R$ 4.000.000,00).
De acordo com o secretário Valdir Corrêa, outras ações do Núcleo merecem destaque, como a elaboração e montagem do Projeto Conab Associação Dando as Mãos; participação de cursos de capacitação técnica; elaboração de planos de trabalho e implantação de incentivo à produção agro-ecológica.
AGRICULTURA FAMILIAR – O Núcleo de Logística de Agricultura Familiar tem na merenda escolar um dos seus maiores expoentes. Este ano oito pequenos produtores começaram a fornecer produtos para a merenda, que atenderam 20 escolas municipais. A primeira compra de produtos pela Prefeitura foi no valor de R$ 9.173,16 mil.
Quanto ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), Valdir informa que 61 produtores foram cadastrados e 13 entidades assistenciais foram beneficiadas. O Núcleo trabalhou ainda com a execução da nova feira da Vila Aurora, realizada todas as quartas-feiras. “A feira conta com mais de 100 pequenos produtores cadastrados e é mais um meio de ajudar estas famílias que moram no campo”, destaca Valdir.
E para finalizar o secretário de Agricultura lembra do trabalho desenvolvido pela Unidade Municipal de Cadastro, que protocola documentos com até 240 hectares. “Este ano foram protocolados 330 documentos, dos quais 327 foram analisados”, observa Valdir. A Unidade atendeu, além de Rondonópolis, outros municípios, como Juscimeira, Jaciara, Pedra Preta, Primavera, Guiratinga, São José do Povo, Itiquira e Alto Garças.

 

Fonte:24horasnews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!