Sema apreende motosserras em fazenda de prefeito do interior de MT

22/01/2011 07:24

A Sema de Barra do Garças confirmou que foram apreendidos quatro motosserras, tratores e uma arma de fogo na fazenda de propriedade do prefeito de General Carneiro, Juracy Resende da Cunha (PT), sob acusação de desmatamento irregular. O funcionário Marcelo, substituto de chefe da Sema, Cleber Fabiano, confirmou a operação, entretanto não quis adiantar detalhes porque a equipe de agente ambientais ainda não retornou de General Carneiro.

A fazenda de 60 alqueires foi adquirida recentemente por Buchudo a 32 km de General do outro lado do rio Garças, no município de Pontal do Araguaia onde aconteceu o flagrante. Segundo informações a fazenda pertencia ao tesoureiro da Prefeitura João Vieira. Os motosserras, tratores apreendidos pertencem segundo um policial civil que está na operação ao Demir Conde, Marcelo Aquino e ao secretário de obras de General Carneiro, José Cláudio Abreu.

O prefeito Buchudo rebate as acusações de desmatamento dizendo que a denúncia tem motivação política e teria sido formulada pelo grupo político da ex-prefeita Magali Vilela (PP) que é do mesmo partido do chefe da Sema de Barra do Garças, Cleber Fabiano. Segundo o prefeito, a denúncia tinha outro teor de que teriam 3 mil lascas de madeira ilegal adquirida em aldeia indígena cujo fato não se confirmou. 

O petista alega que não há desmatamento desenfreado como denunciou o grupo do ex-prefeita. “O que existe lá é um desmate de reforma de pasto, que é permitido, e a construção de um curral com madeira de dentro da área que é autorizado” frisou.

O prefeito diz que está sendo perseguido pela ex-prefeita que não aceita a derrota sofrida na Justiça porque nas urnas Magali já havia perdido para ele. “Ela ficou 18 meses no posto que o povo meu deu e agora faz de tudo para me prejudicar”.

 

Fonte> Olhar Direto


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!