Zeca cobra revitalização da MT-130 e Governo sinaliza

10/03/2011 21:07

“Situação da rodovia é lastimável e população corre riscos diariamente”, salienta o deputado Zeca

 

            A notícia é boa para Primavera do Leste, Poxoréu, Rondonópolis, Campo Verde, Santo Antonio do Leste, Paranatinga e muitos outros municípios matogrossenses que dependem da rodovia estadual MT-130. Depois de longos meses, e uma verdadeira batalha judicial entre empreiteiras pela privatização da MT-130 que liga Primavera do Leste, Poxoréu e Rondonópolis, o imbróglio que se formou em torno deste processo começa a ser resolvido.

 

            O governo do estado irá anunciar nas próximas semanas através da Secretaria Estadual de Transporte e Pavimentação Urbana (Setpu) o fim do imbróglio que já dura 2 anos, e enfim, a rodovia MT-130 será privatizada e as obras devem começar em breve. O governador Silval, em entrevista à imprensa disse que está recebendo constantes reivindicações com relação a esta rodovia.

 

            O deputado estadual Zeca Viana (PDT) já havia cobrado do governador Silval Barbosa na semana passada uma solução emergencial para a situação em que se encontra a rodovia MT-130, inclusive, alertou o governador quanto aos riscos que a rodovia oferece no atual estado em que se encontra. Alertou ainda o Governador quanto a importância desta rodovia estar em bom estado de conservação para o escoamento da safra matogrossense.

 

“Muitos são os acidentes registrados ao longo da rodovia, a situação é precária e precisamos revitalizar essa importante rodovia do Estado. É uma situação dramática e que causa riscos, transtornos e prejuízos a população matogrossense que necessita se deslocar pela rodovia. Estamos confiantes e acreditando de que o Governo do Estado irá dar atenção especial a rodovia, precisamos dar condições de tráfego e também dar suporte ao escoamento da safra”, ressaltou Zeca.

 

            A população aguarda com certa ansiedade o fim dessa “novela”, até porque bem mais que prejuízos financeiros, muitas vidas foram ceifadas ao longo dessa rodovia. “Com o período chuvoso a situação piorou, as crateras tomaram conta da estrada, a situação é drástica“, acrescenta ele. Vale ressaltar que além do incessante movimento dos veículos de passeio que circulam diariamente pela rodovia, o tráfego pesado de carretas pela rodovia é intenso.

Depois do processo licitatório uma das empresas concorrentes havia entrado com recursos jurídicos levando ao travamento do mesmo, e no desenrolar de toda a causa, esta mesma empresa, segundo informações da imprensa estadual, se retirou semana passada da concorrência retirando os recursos jurídicos, destravando então todo o processo.

            A expectativa é de que com a privatização da MT-130, a rodovia terá plenas condições de tráfego, sinalização, estrutura de suporte e reparos, bem como, segurança.

Fonte:PVANews


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!