Acidentes entre carros e motos deixam 3 mortos na noite

15/01/2012 11:26
  • Numa das colisões, um motociclista teve braço e perna arrancados ao bater em carro; entre os mortos, há um adolescente

  • MidiaNews

    O Corsa em que uma moto bateu de frente, na estrada de Chapada; noite teve três mortes violentas


    Fonte:Midia News

    A Rodovia Emanuel Pinheiro - a MT-215, que liga Cuiabá a Chapada dos Guiamarães - foi palco de dois acidentes que resultaram em três mortes, nas últimas horas.

    Numa das colisões, um motociclista teve uma perna e um braço arrancados.  No primeiro acidente, pai e filho morreram, após a motocicleta que viajavam bater na traseira de uma caminhonete F-350, que estava estacionada na pista.
    No choque, morreram o piloto Zózimo Santos de Almeida, de 46 anos, e seu filho, o adolescente José Carlos de Almeida, de 17. Eles ocupavam uma motocicleta Honda CG 150 e retornavam para Cuiabá.

    O acidente ocorreu por volta de 20 horas de sexta-feira (13), no KM 33 da rodovia, entre as localidades de Rio dos Peixe e Rio Claro.

    A caminhonete estava parada por causa de um pneu furado. O motorista Gilmar Silva estava trocando o pneu no momento da colisão. Chovia no momento do acidente.

    Segundo policiais do Plantão Metropolitano, o motorista da caminhonete transportava uma mudança de Chapada para Cuiabá, quando furou o pneu. Assim que parou, sinalizou com um triângulo e alguns galhos de árvores.

    "O motorista sinalizou corretamente", explicou um dos policiais que atenderam a ocorrência.

    Ele acrescentou que a tragédia só não foi maior porque um galão com combustível que os ocupantes da moto transportavam não pegou fogo no acidente. "A chuva que caiu, em seguida, impediu", observou o policial.

    Na madrugada

    O outro acidente ocorreu por volta da 1 hora da manhã deste sábado (14), próximo à casa noturna "DNA da Cerveja", onde a pista é duplicada.

    O motociclista Edervaldo Silva Costa, 22, morreu após bater de frente com um Corsa classic preto, que seguia em direção a Chapada dos Guimarães.

    No Corsa, viajavam o motorista Alfredo Santana da Silva, 23, que saiu ileso, mas o passageiro, Peterson Martins, sofreu ferimentos e foi levado ao Pronto-Socorro de Cuiabá.

    O choque foi tão violento que o motociclista teve braço e a perna esquerdos arrancados.

    "A moto veio na contramão e bateu de frente, deixando um morto e um ferido", explicou um dos policiais.

    Os policiais ressaltaram que, no caso acidente em que morreu pai e filho, a falta de acostamento contribuiu para a tragédia.

    Esse problema, segundo eles,  é um constante perigo para os motoristas, principalmente, quando os veículo apresentam algum tipo de defeito.

    Os policiais afirmaram que, mesmo que o motorista sinalize, ainda corre o risco de provocar um acidente. "Foi o que aconteceu", completou.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!