Advogada de Mato Grosso perde luta contra câncer e morre aos 33 anos

15/05/2012 15:01

 

Fonte:Olhar Direto                Autor: Renê Dióz 

Foto: Reprodução/Divulgação

Advogada de Mato Grosso perde luta contra câncer e morre aos 33 anos

Faleceu na madrugada desta terça-feira (15) a advogada Bianka Lorena da Rocha Capilé, com apenas 33 anos de idade. Irmã do conselheiro estadual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Fábio Capilé, Bianka lutava contra um câncer durante muitos anos e estava internada num hospital de São Paulo. 

Presidente da seccional mato-grossense da OAB, Cláudio Stábile lamentou o falecimento da advogada e a homenageou lembrando que ela era conhecida por ser estudiosa, dedicada e por honrar a categoria em Mato Grosso com sua atuação. 

Contatado pela reportagem, Fábio, irmão da advogada, descreveu-a como, acima de tudo, “uma pessoa iluminada, que sempre conquistou muitas amizades. Ela tinha uma capacidade incrível de envolver as pessoas – o que poderá ser visto no velório”. 

A trajetória final de Bianka é inspiradora. Casada e vinda de uma família com sete irmãos, Bianka não deixa filhos na acepção mais comum da palavra, explicou Fábio. Segundo ele, um dos legados mais importantes que ela deixa é o site www.prafalardejesus.com.br
... 

Religiosa e sem se deixar abater pelo câncer, a advogada viu no endereço virtual uma oportunidade de transmitir conforto a pessoas que, muitas vezes, estariam passando por problemas mínimos se comparados à luta que ela travava contra a doença – que começou a se manifestar em 1998. A máxima da irmã, enfatiza Fábio, era que “às vezes Deus não muda as circunstâncias para que as circunstâncias mudem as pessoas”.

Para ele, o que Bianka buscava fazer por meio do site, independentemente de denominação religiosa, era precisamente o que ela já fazia pessoalmente – acolhia e transmitia conforto aos próprios enfermeiros e médicos que a tratavam, como numa inversão de papéis. A espantosa peculiaridade do comportamento da advogada diante das dificuldades de uma doença tão cruel chegou a torná-la conhecida por equipes até de outros hospitais em São Paulo.

E o irmão faz questão de recordar um dos últimos episódios da vida de Bianka. No último sábado, cerca de 80 pessoas vestiram camisetas anunciando o site criado por ela e visitaram igrejas, o Hospital do Câncer e a Associação de Apoio à Criança com Câncer. 

Já se sabia que Bianka estava em um de seus últimos dias, relata Fábio, e, ao término das atividades, por volta das 11h, o grupo ficou sabendo que ela acabara de receber uma dose cavalar de sedativos, quantidade que inviabilizaria o despertar de qualquer pessoa.

“Os médicos já avisaram que ela não voltaria mais, era humanamente impossível”.

Às 16h, estavam amigos e familiares ao redor do leito hospitalar da advogada, cantando hinos, num ato tranquilo de despedida. Foi quando Bianka abriu os olhos, sentou-se na cama e brincou: “Olha, tá muito gostosa essa música, mas chama a enfermeira que eu quero tomar banho”. Ela ainda saiu pelos corredores do hospital, com o corpo fragilizado, cumprimentando um por um os profissionais de saúde que a atenderam.

Foi a última oportunidade em que Bianka interagiu com as pessoas ao redor. A advogada faleceu às 02h40 da manhã desta terça-feira. Ela estava novamente sedada por força do tratamento. O corpo deve ser liberado e chegar em Cuiabá por volta das 02h desta quarta-feira para ser velado a partir das 16h na Igreja Adventista do bairro Araés (localizada perto da academia Medley). O enterro será no Cemitério da Piedade, no Centro de Cuiabá.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!