Ana Sátila estreia na Olimpíada segunda

28/07/2012 07:40

 

A atleta de Primavera do Leste é a esperança da primeira medalha brasileira na canoagem

Escrito:Por Janine de Oliveira Fonte:Clique F5

Programação dos jogos
A canoísta primaverense, Ana Sátila Vargas, estreiará nas Olimpíadas de Londres, na próxima segunda-feira (30), às 10h12, na categoria K1 Feminino.
As provas da canoagem serão disputadas no Lago Dorney que fica em uma área de 2.200 metros localizada em um parque de natureza conservada. Em 2006, o espaço sediou o Campeonato Mundial de canoagem. As instalações foram melhoradas, com a construção de novas áreas para competidores, pedestres e veículos. O local abrigará as provas de remo e canoagem de velocidade na Olimpíada de Londres. A canoagem slalom será disputada no Centro Aquático Lee Valley.
Ana é a esperança da primeira medalha olímpica brasileira na canoagem. 
Os recordistas em medalhas de ouro no esporte são os alemães com 29 medalhas, seguidos pela União Soviética (29) segundos no ranking na soma total de medalhas e em terceiro a Hungria (19). O Brasil ainda não tem tradição no esporte. Junto com Ana que disputa na categoria K1 (caiaque individual), os canoístas Erlon Silva e Romilson Oliveira, na categoria C2 (canoa dupla) mil metros.
Ana é a esperança da primeira medalha olímpica brasileira na canoagem. 
Os recordistas em medalhas de ouro no esporte são os alemães com 29 medalhas, seguidos pela União Soviética (29) segundos no ranking na soma total de medalhas e em terceiro a Hungria (19). O Brasil ainda não tem tradição no esporte.
Junto com Ana que disputa na categoria K1 (caiaque individual), os canoístas Erlon Silva e Romilson Oliveira, na categoria C2 (canoa dupla) mil metros.
Ana se classificou para as Olimpíadas quando venceu na prova de caiaque individual do Campeonato Panamericano de Canoagem Slalom disputado em Foz do Iguaçu, em março deste ano.

 

As chances do Brasil em conquistar medalhas em Londres

O Brasil tem chances concretas de passar de 20 medalhas. A revista “Sports Illustrated” sempre faz a previsão dos favoritos às medalhas e, nas contas deles, serão 23 medalhas para os brasileiros. 
Os brasileiros têm chances de repetir Atenas e ganhar quatro medalhas no vôlei. O judô também é a aposta de que o Brasil conquiste sete medalhas. O atletismo também é uma aposta.
Na canoagem, modalidade esportiva de Ana Sátila o Brasil ainda não possui medalhas. A atleta em suas entrevistas afirma que está confiante na disputa e que acredita que sua experiência em outras disputas internacionais e no treinamento na pista da Olimpíada podem ser fatores decisivos para uma possível conquista inédita para o país.
Ana é treinada pelo italiano Ettore Vivaldi, que também treinou a atleta nos Jogos Olímpicos de Barcelona, em 1992.
A Confederação Brasileira de Canoagem tem planos para Primavera do Leste, devido ao destaque no esporte e pelos rios e corredeiras que fazem da cidade um lugar propício para a prática, inclusive com projetos para os Jogos Olímpicos de 2016, no Brasil.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!