Após polêmica, governador suspende atos de Henry

31/01/2012 10:17

 

Secretário de Saúde se afasta para tratar de problemas particulares

 

Secom 

Silval anula atos de Henry, que segue na Câmara dos Deputados

Autor:RAFAEL COSTA
Fonte:Mídia News

 

A nomeação do deputado federal Pedro Henry (PP) ao cargo de secretário de Estado de Saúde, feita no dia 13 deste mês, tornou-se sem efeito, conforme decreto assinado pelo governador Silval Barbosa (PMDB) que circula no DOE (Diário Oficial do Estado) desta segunda-feira (30).

Por conta disso, também perde efeito todos atos administrativos assinados por Henry neste período. 

A decisão do Executivo põe fim à polêmica de que havia acúmulo de cargos de deputado federal e secretário de Estado de Saúde. Silval anunciou a decisão no sábado (28), durante a inauguração de 60 novos leitos no Hospital Santa Helena, em Cuiabá. 

Com a publicação nesta segunda-feira (30) no Diário Oficial, a medida entra em vigor. 

Conforme divulgado pelo jornal o Estado de São Paulo, três atos foram assinados por Henry à frente da Secretaria de Saúde sem oficializar pedido de licença da Câmara dos Deputados, o que configura em quebra de decoro parlamentar e pode levar até mesmo a cassação do mandato. 

O acúmulo de cargos públicos é vedado pelo artigo 37 da Constituição Federal. 

No sábado (28), Henry anunciou que vai permanecer afastado da Secretaria de Saúde por tempo indeterminado para tratar de problemas particulares.

"Estou com a saúde debilitada. Enfrento problemas de peso, o que me causou problemas de pressão e desequilíbrio hormonal. Enquanto não resolver essa questão pessoal, não retorno ao cargo de secretário de Estado de Saúde", disse.

Ele destacou, no entanto, que não vai se licenciar da Câmara dos Deputados. "Estão me pressionando a conceder a vaga ao primeiro suplente, Roberto Dorner, mas não sou homem de ceder a pressão. Vou conversar com os médicos se haverá necessidade de afastamento do cargo", afirmou.

Questionado a respeito de qual função prefere ocupar, Henry sustentou que sua meta é continuar a frente do projeto de fortalecer a Saúde Pública do Estado. "A minha proposta é permanecer na secretária de Saúde, auxiliando o governador Silval Barbosa, que sempre apoiou minhas medidas, que visam à reestruturação do sistema da saúde estadual".

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!