Após demora, Eder confirma escolha do VLT como modelo de transporte em MT; R$ 1 bi

22/06/2011 22:52

 

 
Após longa demora, a Agência Executora dos Projetos da Copa (Agecopa) definiu o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) como modelo de transporte a ser implantado na região metropolitana de Mato Grosso para a Copa do Mundo. A escolha foi confirmada pelo presidente da autarquia, Eder Moraes, nesta quarta-feira (22).

Com a decisão, a Agecopa substitui o projeto do Bus Rapid Transit (BRT), que vinha sendo desenvolvido na autarquia antes da entrada de Eder na presidência. A vontade política do deputado José Riva (PP) também pesou na mudança do modal. Riva apresentou estudos de viabilidade e chegou a visitar, juntamente com o governador Silval Barbosa e Eder Moraes, Portugal, para conhecer o sistema em funcionamento.

Apesar da demora na definição do sistema de transporte coletivo, Eder já havia garantido que o cronograma de trabalho está ocorrendo dentro de um planejamento. Ainda de acordo com o presidente, o VLT deverá custar cerca de R$ 1 bilhão, podendo variar para mais ou menos o valor

De acordo com Moraes, a escolha pelo VLT foi técnica. A definição sobre o modal estava nas mãos da Auditoria Geral do Estado (AGE). Com a escolha definida, poderá ser dado seguimento à licitação e elaboração do projeto básico.

Os trilhos do VLT, divididos em duas linhas, ligarão o Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, à Avenida Historiador Rubens de Mendonça em Cuiabá e o Coxipó à Prainha, passando pela Avenida Fernando Correa.
 
Fonte:Olhar Direto

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!