Banco Central cria boleto que impede pagamento de serviços não usados

10/06/2012 08:41

Medida visa a proteger clientes de faturas de cartão de crédito não contratado, por exemplo

 

 

Fonte:R7

pitácio Pessoa/AE

Banco Central cria boleto que impede pagamento de serviços não usadosO Banco Central anunciou, nesta quarta-feira (6), a criação dos boletos de oferta para impedir que clientes paguem faturas de serviços que sequer foram contratados por pensarem que se trata de uma dívida. 

A medida vale, por exemplo, para cartões de crédito de lojas de departamento e assinaturas de revista não contratados. Sem saber, o consumidor paga a fatura por pensar que é uma dívida e, automaticamente, contrata o serviço, sem saber.

A autoridade monetária quer impedir este tipo de situação. Nos novos boletos de oferta, o consumidor terá a informação de que a quitação da fatura não é obrigatória e poderá decidir se quer pagar pelo serviço oferecido por meio do boleto. 

Além disso, o boleto deverá deixar explícito que o não pagamento não irá gerar protestos ou cobranças para o cliente, e que ele não teria o nome incluído em cadastros de restrição ao crédito. Esses boletos de oferta deverão ser emitidos por bancos e instituições financeiras autorizadas pelo Banco Central. 

Cobrança de dívidas 

O Banco Central instituiu também mudanças nos boletos de cobranças. A partir de agora, nas dívidas acima de R$ 250 mil, os credores poderão receber o valor devido no mesmo dia do pagamento feito pelo devedor. O depósito do dinheiro deverá ser feito no mesmo dia, mesmo se a operação foi realizada entre bancos diferentes. 

A autoridade monetária instituiu também que os bancos poderão emitir e cobrar diretamente os boletos de cobrança de serviços por eles prestados, o que já era feito por corretoras e financeiras.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!