Bandidos explodem caixa eletrônico e levam dinheiro

22/10/2012 08:32

Welington Sabino, repórter do GD

 

Welington Sabino/Arquivo
Dos 3 caixas atacados com explosivos, os bandidos só conseguiram levar o dinheiro de um deles

Bandidos fortemente armados invadiram a agência do Banco do Brasil em Juscimeira (157 Km ao sul de Cuiabá) e instalaram explosivos nos 3 caixas eletrônicos existentes no banco, obtendo sucesso no arrombamento de apenas um equipamento do qual levaram todo o dinheiro que lá estava. Os outros 2 caixas também ficaram danificados, mas não foram abertos com a explosão. À Polícia Militar do município, a única testemunha do fato, o vigilante de um hotel situado nas proximidades do banco, relatou que o bando era composto por entre 8 e 10 homens. Todos usavam roupas pretas e capuz na cabeça para dificultar a identificação e também armas de canos longos.

De acordo com a PM, o ataque ocorreu por volta das 4h30 deste domingo, deixando a frente da agência bancária, onde estão instalados os caixas eletrônicos, bastante danificada. A parte interna do banco que fica após a divisória de vidro, único local onde existem câmeras de segurança, não foi atingida. Acionada pelo viligante, uma viatura da PM com 2 policiais se deslocou rapidamente ao local e só foi possível visualizar um dos carros usados pelos bandidos, um Gol geração 4 de cor chumbo, fugindo em direção à cidade de Jaciara (144 Km ao sul de Cuiabá). Pela quantidade de bandidos apontadas pela testemunha, a Polícia acredita que, além do Gol, mais 1 ou 2 veículos também foram usados na fuga.

Conforme o soldado da PM, Wanderlei Bessa, a viatura que foi ao local optou por não se aproximar tanto do banco se mantendo um pouco mais distante para evitar um tiroteio, uma vez que os bandidos estavam em maior número e com armas mais potentes. O banco está localizado no centro da cidade , ao lado da rodovia federal BR-364. Após o fato, a Polícia Militar de Jaciara foi acionada e chegou a fazer barreiras na rodovia, mas não avistou os criminosos.

O fato é que ninguém foi preso até o momento e por enquanto também não há pista sobre a rota de fuga tomada pelos ladrões. O motivo, segundo o soldado Bessa, é que a região é cortada por várias estradas vicinais e canaviais com saída inclusive, para os municípios de Barão de Melgaço e Poxoréu (113 e 251 Km ao sul da Capital, respectivamente). O que dificulta os trabalhos de buscas e bloqueios pela região. O valor levado de um único caixa eletrônico não foi informado pela gerência do banco. Caberá à Polícia Civil investigar o crime, uma vez que a instituição possui a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) instalada em Cuiabá, especializa em investigar esse tipo de crimes.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!