Bando invade BB e foge com 5 reféns

10/10/2012 07:27

Grupo chegou atirando com armas de grosso calibre e usou os clientes da agência como escudo humano, enquanto pegava o dinheiro

 

 

CIDADE NEWS ON LINE / DIVULGAÇÃO
Esta é a segunda atuação de quadrilhas da modalidade “Novo Cangaço” em Marcelândia

Escrito:Por ALECY ALVES     Fonte:Diário de Cuiabá

Um novo assalto na agência do Banco do Brasil (BB), ocorrido ontem pela manhã no município de Marcelândia, a 720 quilômetros de Cuiabá, acabou em tiroteio com um ferido, cinco pessoas levados como reféns e um ônibus escolar incendiado. 

O crime que espalhou pânico entre os moradores, executado no estilo “novo cangaço”, aconteceu logo depois da abertura da agência e com dezenas de pessoas no local. Quatro homens que chegaram em duas caminhonetes e desceram atirando contra os vidros do banco. 

Depois de recolher o dinheiro, fugiram levando os reféns sob a mira de fuzis e pistolas. O gerente da agência, um funcionário, o dono de um supermercado da cidade, e outros dois clientes ficaram sob a mira dos criminosos. 

Os policiais militares que estavam de plantão na unidade local, apenas dois, chegaram a tempo de encontrar os assaltantes dentro da agência bancária. 

Recebidos a bala, os PMs revidaram e feriram um bandido no braço, mas logo tiveram de recuar. As marcas de sangue poderiam ser vistas desde o auto-atendimento até o local onde ele embarcou no carro, com o qual fugiu. 

Além da desvantagem em número e armamento, se continuassem atirando os policiais colocariam em riscos a vida dos reféns, usados como escudo pelos assaltantes. 

A poucos quilômetros da cidade, os bandidos renderam o motorista do ônibus escolar que trazia estudantes moradores do assentamento Bom Jaguar para um escola na cidade de Marcelândia. As 40 crianças que estavam no veículo foram obrigadas a descer. 

Depois de atravessar o ônibus no meio da pista e incendiá-lo, para impedir a passagem da polícia, os bandidos continuaram no plano de fuga. 

Os reféns, que passaram mais de 3 horas com os bandidos, foram libertados em uma rodovia e resgatados pela polícia. Ninguém apresentava ferimentos, mas todos passaram por atendimento médico, antes de prestar depoimento na polícia. 

De acordo com a PM em Cuiabá, estão sendo empregados nas buscas dezenas de policiais de cidades próximas, uma equipe do Bope de Cuiabá e um helicóptero do IBAMA-MT que estava sendo usado em ações na cidade de Sinop. 

Para o soldado Batista, que serve no destacamento de Marcelândia e participou das primeiras buscas, as suspeitas são de que os bandidos estão escondidos em uma área de mata fechada, a margem da BR-080, a poucos quilômetros da cidade. 

Até o final da tarde de ontem a polícia não sabia informar quanto os ladrões roubaram em dinheiro. 

Esse não é o primeiro assalto de grupo que atuam no “novo cangaço” praticado em Marcelândia. Em março de 2008, crime semelhante aconteceu na cidade deixando a população apavorada. 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!