Candidatos em Mato Grosso vão ser submetidos a “provinha” do analfabetismo

26/07/2012 09:13

Autor:Edilson Almeida | Fonte:24 Horas News

Mais de 20 candidatos  a vereador no Noroeste de Mato Grosso, deverão ser submetidos a “provinha” da Justiça Eleitoral para atestar que não são analfabetos. Na semana passada  promotor eleitoral da 27ª Zona,  Francisco Gomes impugnou vários candidatos ao legislativo devido a falta de alguns documentos de escolaridade. A declaração de próprio punho feito por candidatos não foi aceita pelo Ministério Público Eleitoral. O MP entende que essa declaração deve ser feita na presença de representantes da Justiça Eleitoral.


 
De Juara são seis candidatos nessa situação. Em Novo Horizonte do Norte, cinco; Porto dos Gaúchos, três; e Tabaporã, sete. A provinha será aplicada nos dias 25 e 26 de julho de 2012, no horário das 9 as 18 horas.
 
Os candidatos terão que fazer uma declaração de próprio punho  para terem suas candidaturas aprovadas pela justiça eleitoral. A prova será realizada individual e será nas dependências do fórum da Comarca de Juara.
 
Além de candidatos a vereador, um candidato a vice também terá que passar pela provinha. Caso reprovem poderão ficar fora do pleito. A Justiça Eleitoral não revelou os nomes dos “vestibulandos” aos eleitores, para não causar constrangimento e nervosismo na hora da prova dos candidatos, sendo assim boa sorte.
 
A legislação eleitoral não determina o formato da prova, que apresenta variações de acordo com o juiz ou estado onde é aplicada. 
 
A questão do teste de analfabetismo se tornou famoso com a eleição de Francisco Everardo Oliveira Silva (PR-SP), o Tiririca. Na época, o Ministério Público de São Paulo  sustentava  que Tiririca era analfabeto, o que descumpre uma exigência constitucional para aqueles que pretendem ocupar cargos eletivos. 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!