Construir em Mato Grosso está mais caro, aponta IBGE

12/11/2011 08:28
Fonte:Olhar Direto
De Sinop - Alexandre Alves
 

Colocar a “mão na massa” e construir em Mato Grosso ficou R$ 10 mais caro por metro quadrado em outubro, em ralação ao mês de setembro, segundo o Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) e divulgado nesta sexta-feira. Em setembro, o custo por metro quadrado era de R$ 806 e, agora, subiu para R$ 816 – alta de 1,12%.

O Olhar Direto apurou que o preço praticado em Mato Grosso é o segundo mais caro da região Centro Oeste, perdendo apenas para o Distrito Federal, onde erguer casas ou prédios custa R$ 842 por m². Em Mato Grosso do Sul, o registro é de R$ 803 e, em Goiás, o m² é cimentado a R$ 774.

Segundo o Sinapi, a variação dos preços mato-grossenses para cima é de 7,52% no decorrer de 2011 e, de 7,88% no cálculo dos últimos 12 meses. Conforme o IBGE, a “vilã” da construção civil foi a mão-de-obra que, no ano, subiu 8,71%, enquanto os materiais registraram alta de 2,40%. Os acumulados em 12 meses foram: 9,80% (mão-de-obra) e 3,35%(materiais).

O custo nacional da construção por metro quadrado passou de R$ 802,66 em setembro para R$ 805,67 em outubro, sendo R$ 445,31 relativos aos materiais e R$ 360,36 referente à mão-de-obra. Ainda em âmbito nacional, o índice variou 0,38% em outubro, avançando 0,19 ponto percentual em relação a setembro. Em relação a outubro de 2010 (0,51%), a diferença foi de 0,13 ponto percentual.

Considerando os meses de janeiro a outubro de 2011, a taxa de 5,13% está abaixo de igual período de 2010, quando havia ficado em 6,34%. Com relação aos acumulados, a região Centro Oeste se destacou por apresentar a maior variação no ano, 7,11%, além da maior variação nos últimos doze meses, 7,62%.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!