Corinthians precisa quebrar tabu de 20 anos para conquistar a Libertadores

03/07/2012 08:44

Último brasileiro que derrotou argentinos na decisão foi o São Paulo de 1992

Autor:Allan Simon, estagiário do R7 

Fonte:R7

 

Romarinho 450

Piervi Fonseca/Gazeta Press

Romarinho já marcou no primeiro jogo e pode ajudar a quebrar tabu histórico para o Corinthians e para o futebol brasileir

Como se não bastasse a pressão para conquistar título inédito na história do clube, o Corinthians precisa quebrar um tabu brasileiro que já dura 20 anos na Copa Libertadores para, enfim, soltar o grito de campeão da competição continental. 

Desde a edição de 1992, quando o São Paulo passou pelo Newell's Old Boys na decisão por pênaltis, nenhum clube brasileiro venceu um time da Argentina na final da Libertadores. 


A missão do Corinthians desta vez será passar pelo temido Boca Juniors, que já possui seis títulos da competição continental, na próxima quarta-feira (4), no Pacaembu. As duas equipes empataram em 1 a 1 no jogo de ida, em Buenos Aires, na semana passada.

Nos últimos 20 anos, Brasil e Argentina disputaram cinco decisões de Libertadores, com cinco vitórias argentinas. O mau retrospecto recente dos times brasileiros neste confronto consolidou uma vantagem absoluta dos hermanos no histórico de finais entre os dois países na competição. 

Em toda a história da Copa Libertadores, foram 12 decisões, com nove vitórias da Argentina e apenas três do Brasil. Santos de 1963, que bateu o Boca, Cruzeiro de 1976, que passou pelo River Plate, e o São Paulo há 20 anos foram os vencedores.


O respeito que o Boca Juniors impõe a qualquer brasileiro nas decisões de Libertadores é explicado pelos números. Dos seis títulos conquistados pelo rival do Corinthians na decisão deste ano, quatro vieram após confrontos contra times do Brasil na grande final.

O outro lado do Boca


Que o Boca possui um retrospecto positivo em decisões de Libertadores, ninguém pode contestar. O time argentino chegou à final em nove oportunidades antes da edição 2012. Foram seis títulos e três derrotas.

No entanto, dois dos três fracassos do Boca em decisões de Libertadores foram para equipes que ainda não haviam vencido a Libertadores. Olímpia-PAR, em 1979, e Once Caldas-COL, em 2004, conquistaram títulos inéditos contra o time argentino.

Além disso, para os corintianos mais supersticiosos, os três adversários que bateram o Boca em decisões da Libertadores possuem camisas nas cores preta e branca. Além de Olímpia e Once Caldas, o time argentino foi vencido também em 1963 pelo Santos de Pelé.
 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!