Delegado indicia PF e servidor por tentativa de homicídio na avenida do CPA

16/05/2012 07:40

Autor: Priscilla Vilela -  Fonte:Olhar Direto

 

A Polícia Civil optou por indiciar os dois servidores envolvidos em um tiroteio em plena Avenida Historiador Rubens de Mendonça, em março deste ano. O delegado responsável pelo inquérito, Laudeval de Freitas, atribuiu ainda outros crimes aos acusados. 

O papiloscopista Fabrício Francisco Costa Leite será incriminado também por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, enquanto o policial federal Walter Sebastião Piovan Júnior será responsabilizado por dano qualificado, pelos disparos efetuados no veículo de Leite. 

O inquérito foi concluído ainda no dia 24 de abril.

Ambos teriam iniciado a troca de tiros após uma discussão de trânsito iniciada na Avenida Mato Grosso e que teve fim nas proximidades da Superintendência da Polícia Federal, localizada na Avenida do CPA.

Ao todo, foram disparados 14 tiros, sendo oito da arma de Walter e seis do revólver de Fabrício Francisco, que sofreu alguns cortes no rosto por conta dos estilhaços do vidro de sua caminhonete.

O papiloscopista e o agente da Polícia Federal foram autuados em flagrante, mas pagaram fiança de R$ 622 e foram liberados. 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!