Deputados aprovam a criação da Secretaria da Copa

30/09/2011 09:45
 

Assembleia aprova o fim da Agecopa e a criação da Secretaria da Copa, a Secopa

 

AL aposta em melhor andamento das obras; projeto aguarda sanção do governador Silval Barbosa


Fonte:Mídia News

Por unanimidade, os deputados estaduais aprovaram, nesta quinta-feira (29), em caráter definitivo e em regime de urgência urgentíssima, a extinção da Agecopa (Agência Estadual de Execução de Projetos para a Copa do Mundo) e a criação da Secopa (Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo).

A nova pasta vai ter um secretário titular e quatro secretários adjuntos. A expectativa é que já esteja em funcionamento a partir de 1º de outubro, após a sanção pelo governador Silval Barbosa (PMDB), que é publicada no Diário Oficial do Estado (DOE).

O projeto foi aprovado após mudanças no texto original. A Secopa não vai funcionar até o final de 2015, conforme previsto inicialmente. Suas atividades serão encerradas em dezembro de 2014. Também foi aprovada a redução dos cargos na estrutura da Secopa. Serão 50 servidores, em vez de 63.

A aprovação foi comemorada pelos parlamentares, que prevêem redução de gastos na ordem de R$ 4 milhões e melhor dinâmica, no andamento dos projetos voltados à participação de Cuiabá na Copa do Mundo de 2014.

"Agora, está vinculado diretamente ao governador Silval Barbosa (PMDB). Se houver descontentamento com algum dos subordinados, pode demiti-los diretamente, sem aval da Assembleia Legislativa, e as obras continuarão andando", comentou o deputado Jota Barreto (PR).

O deputado estadual Percival Muniz (PPS) foi um dos mais críticos em relação à Agecopa. Sustentando que se tratava de uma autarquia criada pelo ex-governador Blairo Maggi, com o intuito de preservar aliados e influenciar decisões em um eventual governo oposicionista, o parlamentar ironizou em relação ao legado que será deixado.

"A Agecopa foi concebida dentro de uma visão arrogante de patrocinar reserva de mercado para amigos e garantir influência no governo alheio. Agora, deixa um legado de incompetência, corrupção, morosidade, brigas e empreguismo", disse.

O presidente da Assembleia Legislativa, José Riva (PP), afirmou que a decisão de atender ao pedido do Executivo e criar a Secopa se deve à necessidade de mudanças na condução dos projetos voltados para 2014.

"Houve muitas divergências internas na Agecopa e que estavam atrapalhando o ritmo de trabalho. O momento é oportuno para criar uma secretaria e mantê-la sob o controle do governador. Espero que seja a última mudança feita para garantir melhoria ao andamento dos projetos da Copa do Mundo", completou.

Investimento do VLT

Também foi aprovada, em primeira votação, a mensagem encaminhada pelo governador Silval Barbosa solicitando autorização para o Estado contrair empréstimo de R$ 740 milhões, junto à CEF (Caixa Econômica Federal), para investir no VLT (Veículo Leve Sobre Trilho).

O modal de transporte é o escolhido para Cuiabá e Várzea Grande e vai abranger os trechos CPA/Aeroporto e Coxipó/Centro.

Agora, o pedido precisa de parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e deve ser aprovado na sessão ordinária de terça-feira (4).

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!