Descarrilamento de trem deixa 49 mortos

23/02/2012 07:24

 

Ao menos 550 pessoas ficaram feridas segundo a Polícia Federal argentina

 

Julio Sanders/ 22.02.12/Reuters

 

Equipe de resgate retira um passageiro vivo dos destroços do trem na estação Once, a oeste de Buenos Aires

Fonte:BBC BRASIL

Ao menos 49 pessoas morreram e 550 ficaram feridas em um acidente de trem em Buenos Aires nesta quarta-feira (22), segundo a Polícia Federal argentina.

'São 48 adultos e um menor de idade mortos neste acidente de trem. É um fato lamentável e ainda não temos explicações para o que ocorreu, só saberemos após as investigações do caso', disse o porta-voz da polícia, o delegado Nestor Rodríguez, diante das câmeras de televisão.

O acidente foi registrado às 8h30 (9h30 no horário de Brasília) quando o trem da empresa TBA, que saiu da estação de Moreno, na Província de Buenos Aires, tentou frear na estação de Once, na capital argentina, mas, segundo testemunhas, acabou batendo em uma contenção da plataforma e descarrilando.

As imagens mostram que um vagão se sobrepôs a outro do próprio trem, que estava lotado na hora do acidente.

Os bombeiros tiveram que abrir um buraco no teto de um dos vagões para tirar as pessoas que ficaram presas nas ferragens. Segundo a Defesa Civil, 60 passageiros ficaram presos no vagão e mais de dez deles foram retirados com vida, em uma operação que envolveu bombeiros, médicos, enfermeiros e policiais.

Angustiante

'Nunca vimos um acidente assim', disse Alberto Crescenti, responsável pela área de saúde do SAME (Sistema de Atenção Médica de Emergência) da Argentina.

O diretor da Defesa Civil, Daniel Russo, afirmou que a situação era 'angustiante' porque 'corpos ficaram empilhados' dentro do vagão.

Sindicalistas ferroviários disseram à imprensa local que o trem era um dos mais antigos da frota da TBA - era datado dos anos 1960. O sindicalista Roberto Nuñez, do sindicato União Ferroviária, disse acreditar que o veículo 'perdeu o freio'.

De acordo com os sindicalistas e com passageiros, o trem costuma viajar com as portas abertas e superlotado. A Justiça abriu investigação sobre o caso.

No ano passado, também em Buenos Aires, um trem bateu em um ônibus que atravessou o sinal vermelho e também deixou uma dezena de mortos e diversos feridos.

Segundo o jornal La Nación, o acidente desta quarta é a terceira tragédia ferroviária mais fatal da história da Argentina. Em 1970, o choque de dois trens teve um saldo de 142 mortos e 368 feridos na Província de Buenos Aires; e, em 1978, a colisão entre um trem e um caminhão de carga resultou na morte de 55 pessoas.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!