Em São José dos Quatro Marcos Polícia Civil prende dois por roubo e recupera 52 bois em Jangada

04/10/2012 08:30

Rebanho estava em fazendo perto de Jangada; roubo ocorreu no dia 22 de setembro

 

Policiais da DERF (Delegacia de Roubos e Furtos) de Várzea Grande prenderam duas pessoas envolvidas com roubo e receptação de bois ocorridos no dia 22 de setembro, na cidade de São José dos Quatro Marcos.
 
Com a dupla, os policiais apreenderam 52 das 123 cabeças de gado roubadas. O rebanho estava numa fazenda próximo de Jangada (a 65 quilômetros de Cuiabá). Além do dono da fazenda, foi preso um dos quatro caminhoneiros que ajudou a transportar o gado roubado. A apreensão ocorreu no início da manhã desta terça-feira (2).
 
Segundo o delegado Francisco Kunze, o principal chefe do esquema é um comerciante conhecido como “Edinho”, que conseguiu escapar ao cerco policial. O gado roubado é deixado na fazenda que ele alugou e revendido a comerciantes que compram esse tipo de produto e revende carne com preço abaixo do mercado.
 
“Descobrimos que ele (Edinho) foi quem alugou a fazenda. O próprio dono nos confessou. Ele é o único que faz esse esquema de roubar gado e revender”, frisou o delegado que esteve no local com os policiais para apreender o gado.
 
O delegado solicitou quatro caminhões boiadeiros para transportar o gado até a Derf de Várzea Grande, onde fará a apreensão e a entrega para a vítima.
 
O roubo do gado na fazenda ocorreu na madrugada do dia 22 em São José do Quatro Marcos, onde quatro homens fortemente armados renderam o dono e o amarraram junto com a família que foi trancada num dos quartos.
 
Os ladrões contaram com quatro caminhões que vieram que Mirassol D’Oeste para carregar o gado. “Recuperamos parte do gado. Falta agora descobrir onde está o restante”, lembrou o delegado.
 
Fonte: MidiaNews

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!