Empresa vende diplomas de universidades de MT

11/10/2012 07:33

Clientes pagavam a partir de R$ 410 para ter o documento emitido pelo MEC

 

 

Guilherme Silveira/DC
Instituições de Mato Grosso disseram não ter vínculo com a empresa Educacional Center

Escrito:STÉFANIE MEDEIROS                Fonte:Diário de Cuiabá

Um site oferece há uma semana um serviço inusitado e ilegal: a venda de diplomas de várias universidades do país, tanto públicas quanto privadas. Garantindo ser o único a oferecer um serviço com “tamanha riqueza de detalhes”, registrado no Ministério da Educação (MEC) e publicado no Diário Oficial da União, o Educational Center ainda afirma ter vínculos com as instituições. Somente de Mato Grosso, nove faculdades estão listadas, dentre elas a UFMT, Unemat, Unic, Unirondon e Univag. 

O site, com o endereço eletrônico ww.educationalcenter.webs.com, garante a entrega do diploma em cinco dias úteis via SEDEX. O pagamento pode ser feito por boleto bancário no Banco do Brasil, e os preços são a partir de R$ 410. Oferecendo diploma em 257 cursos, incluindo medicina, direito, jornalismo, engenharia aeronáutica, dentre outros, o interessado precisa apenas preencher um formulário e enviar documentos necessários para a regularização do processo. 

O objetivo do site, de acordo com a descrição fornecida, é dar àqueles que já atuam nas áreas um documento para que possam conseguir um emprego com salário digno, ou fazer um mestrado e doutorado. “Muitos aprendem a profissão, tem o domínio sobre ela, mas não podem exercê-la, devido à falta de uma formalização. Não pedimos nenhum documento comprovando sua experiência, contudo, pedimos sinceridade consigo mesmo, para que quando adquirido o diploma, não seja irresponsável”. 

A empresa também disponibiliza, além do diploma, o Histórico com toda a grade de notas, o número de Registro Acadêmico (RA), o conteúdo programático em apostila e o certificado de colação de grau. “Apesar de muitos alegarem oferecer este tipo de serviço, poucos tem exemplos de negociações sigilosas com pessoas que compraram e obtiveram sucesso profissional. Priorizamos aqueles que já possuem contato com a área desejada para aquisição do diploma, portanto, alertamos nossos clientes quanto aos riscos de se fazer uso de uma documentação com a qual o cliente não possui conhecimentos práticos ou sequer teóricos”. 

O Ministério da Educação informou via email que vai acionar o Ministério Público Federal e a Polícia Federal para investigar o caso. 

Por meio de nota, a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), de Cuiabá (Unic) e Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) informaram não ter nenhum vínculo com a empresa denunciada e esclareceram que o processo de emissão de diplomas são rigorosos e feitos de acordo com a lei. Afirmaram ainda que tomarão todas as medidas cabíveis perante o caso. 

A reportagem entrou em contato com a assessoria da Unirondon, mas não houve retorno até o fechamento desta edição, às 20h. 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!