Escrivães e investigadores encerram greve e voltam ao trabalho temporariamente

15/07/2011 10:07

 

 
 

Investigadores e escrivães da Polícia Civil de Mato Grosso voltaram a trabalhar normalmente a partir de ontem (14). Depois de 13 dias de greve, a categoria decidiu na tarde de quarta-feira suspender temporariamente a paralisação para que o Governo possa apresentar uma proposta de reajuste salarial.

A greve foi suspensa até a próxima segunda-feira (18). A expectativa é que durante a reunião que deve acontecer com representantes do governo, as reivindicações da categoria já comecem a ser atendidas. As categorias reivindicam principalmente o reajuste salarial. Investigadores e escrivães buscam realinhamento da carreira, o que representaria um reajuste dos atuais R$ 2.365 mil para cerca de R$ 6 mil iniciais, mesmo valor pago aos peritos criminais.

Com a greve, o atendimento ficou comprometido e apenas os casos de flagrantes foram registrados. De acordo com a assessoria de comunicação da polícia civil, as pessoas que não conseguiram registrar boletim de ocorrência durante a greve poderão procurar as delegacias para fazer o registro./ os policiais estavam em greve desde o dia primeiro de julho.

Fonte:Resumo On line

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!