Ex-procurador continua foragido

13/08/2011 08:17
Fonte:Diário de Ciuiabá   
 

Foto: O Repórter do Araguaia

O advogado Acácio Alves ainda está foragido da Justiça uma semana após a decisão pela prisão preventiva. Acácio é suspeito de ser um dos mandantes do assassinato do prefeito de Novo Santo Antônio (1.063 quilômetros de Cuiabá), Valdemir Antônio da Silva (PMDB).

A prisão do ex-procurador do município foi decretada sábado passado (6). Nessa semana, Acácio disse que prestaria depoimento na delegacia local, o que não foi realizado. O delegado à frente do caso, Wiliney Borges, chegou a Acácio depois de verificar uma possível relação entre ele e os assassinos do prefeito.

Acácio foi demitido pelo prefeito e se uniu ao vice-prefeito Geraldo de Freitas (PTB), atual gestor de Novo Santo Antônio. Depois disso, Valdemir foi alvo de várias ações por parte do ex-procurador, sendo que uma delas o afastou...

Em fevereiro, o veículo de Acácio foi alvejado com disparos e ele remeteu a ação ao prefeito. Nas investigações, foi visto também um vínculo entre Luciano Vieira e Acácio Alves.

“Luciano e Alexandre, um dia antes do crime, foram com uma mochila de roupa para casa da tia de Luciano. Após o acontecido, eles não pegaram o pertence, mas Acácio foi visto na casa dela pedindo a mochila de volta”, disse Borges.

Outra relação é que o veículo de Acácio foi visto em Nova Xavantina, onde buscou Magrão e sua namorada. Foi na residência dela que o suposto atirador foi detido pela polícia.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!