Explosão e fuga em prisão causam pânico em moradores

21/08/2012 09:45

 

Quadrilha armada explodiu muro da PCE e resgatou 39 presos

 

Thiago Bergamasco/MidiaNews

 

Sônia e a família foram acordadas com o barulho da explosão

Escrita:Por KATIANA PEREIRA
Fonte:Mídia News

A fuga em massa de pelo menos 39 presos, do Raio Três da Penitenciária Central do Estado (PCE), localizada no bairro Pascoal Ramos, em Cuiabá, deixou os moradores dos bairros vizinhos em estado de tensão e pânico. 

Segundo informações da Sejudh (Secretaria de Justiça e Segurança Pública), uma quadrilha fortemente armada explodiu parte do muro da PCE, na madrugada desta segunda-feira (20), conformeMidiaNews antecipou. 

Após a explosão, os presos que estava no raio três fugiram utilizando carros que os esperavam nas ruas próximas à PCE. Até o final da manhã, 13 fugitivos haviam sido recapturados. 

Moradores relataram que o barulho produzido pela explosão foi muito alto e formou uma grande massa de poeira, que cobriu as ruas e casas. Portas, janelas e telhados foram destruídos devido à expansão dos gases liberados. 

Técnicos da Politec (Perícia Oficial e Identificação Técnica) estiveram no local para identificar o explosivo que foi utilizado. Acredita-se que foi detonada uma grade quantidade de dinamite. 

Troca de tiros 

A dona de casa Sonia Simoni Miranda disse ao MidiaNews que acordou com o barulho da explosão. Logo em seguida, foram ouvidos muitos tiros e gritos. 

“Acordamos com o barulho da explosão. Logo depois, escutamos tiros e muita gritaria. Foi horrível. As luminárias da minha casa quebraram. Até o forro da casa levantou e caiu novamente. As paredes trincaram, deu muito medo. Não podíamos sair, tivemos que ficar dentro da sala e aguardar a situação se acalmar”, disse a moradora ao site. 
 

Felipe mostra porta que foi arrombada pelos bandidos

Outra moradora, Viviane Portela, disse que acordou com o peso do forro de PVC desabando sobre o seu corpo. 

 

“Eu estava dormindo no quarto com meu marido e as crianças, aí teve a explosão o forro caiu sobre nós. Deu muito medo, parte do forro travou a porta e não tínhamos como sair. Não sabíamos o que estava acontecendo. Logo depois, a Polícia veio e revistou a nossa casa, para ver se tinha bandido escondido”, disse. 

O estudante Felipe Rodrigues disse que alguns dos fugitivos pularam o muro da casa onde ele vive com os pais. Eles quebraram uma porta lateral, que dá acesso para a rua, e continuaram a fuga. 

“Acordamos com o barulho da explosão, algumas portas e janelas de vidro se quebraram. Aí, escutamos barulho de uma pessoa chutando a porta do corredor. Quando tudo se acalmou, vimos rastros dos bandidos. Ainda bem que ninguém daqui se feriu”, contou. 

Ressarcimento 

Os moradores disseram que irão se reunir e registrar um boletim de ocorrência para pedir que o Estado pague pelos prejuízos causados com a explosão. 

“Alguém tem que pagar por toda essa quebradeira. O Estado tem que se responsabilizar por isso. Não temos culpa de não ter segurança. Queremos que nossas casas sejam reconstruídas, é um direito nosso”, disse a moradora Sônia. 

 

GALERIA DE FOTOS

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!