Faculdade de Mato Grosso tem aprovação zero na OAB

24/09/2011 08:21

É a segunda vez consecutiva que Faiesp, do Grupo Iuni, em Rondonópolis, figura nesta lista

Fonte:Midia News
Reprodução

Mato Grosso nunca esteve entre as melhores; em 2010, reprovação atingiu a marca de 90%
 

A Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Sobral Pinto (Faiesp), em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá) está entre as 29 instituições no país que obtiveram aprovação zero, na última edição do exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

A avaliação seleciona graduados no curso de Direito, para que possam exercer a profissão de advogado. É a segunda vez que a Faiesp, comprada no ano passado pelo Grupo Iuni (Unic), figura entre as piores do país neste quesito.

Em 2010, juntamente com Faculdade para o Desenvolvimento do Estado do Pantanal Mato-Grossense (FAP), da Capital, ela não teve nenhum aluno aprovado no exame.

Conforme o portal de notícias IG, que teve acesso antes aos números antes da divulgação oficial, o diferencial deste ano é que o Exame de Ordem não colocou nesta lista instituições com baixa participação. Tanto é que no ano passado o número de universidades, faculdades e institutos zerados era de 90.

Segundo a Ordem, é considerado de baixa participação a instituição que teve menos de dez inscritos na prova.

Além de Mato Grosso, estão na lista das 29 instituições os Estados do Amapá (1), Bahia (2), Ceará (2), Minas Gerais (3), Mato Grosso do Sul (1), Pará (2), Pernambuco (2), Paraná (4), Rio Grande do Sul (1), Santa Catarina (1), São Paulo (9) e Tocantins (1). A semelhança entre todas as universidades, instituições e faculdades é que são particulares.

Apesar dos resultados finais do 4º Exame de Ordem Unificado serão divulgados no próximo dia 4 de outubro, mas o iG teve acesso exclusivo às porcentagens preliminares de aprovados por instituição de ensino - resultado sem os aprovados após recurso.

Números gerais

De forma geral, o índice de aprovação dos bacharéis em Direito pelo Exame de Ordem aumentou no país. Dos 121.309 inscritos na primeira fase do exame, até agora, 18.002 conseguiram passar pelo funil da OAB nesta edição.

Em relação ao ano anterior, houve um aumento de quase 5%, ou seja, no ano passado 9,74% passaram e, este ano, o índice foi para 14,83%.

Para receber a carteirinha de advogado, o bacharel em Direito precisa passar por duas avaliações, uma prova objetiva (primeira fase) e outra discursiva (segunda fase). Apenas 21.840 candidatos haviam passado para a segunda fase.

Ainda não há números divulgados por Estado para os exames deste ano. Porém, em edições anteriores, como a de 2010, 90% dos bacharéis de Mato Grosso foram reprovados no exame.

Outro lado

A direção da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Sobral Pinto foi procurada pela reportagem por telefone, porém, até a edição desta matéria, ninguém havia se posicionado sobre o fato.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!