Fim de greve da Polícia Federal em MT pode ser definido hoje

11/10/2012 07:38

Fonte : Só Notícias

 

Os próximos passos da greve realizada por agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal de Mato Grosso devem ser decididos hoje, em assembleia geral em Brasília, reunindo representantes dos sindicatos de todo o país. "Até o final da tarde devemos ter decidido o que vamos fazer, se a greve continuará ou se encerraremos", explicou, ao Só Notícias, Erlon José de Souza, presidente do Sindicato dos Policiais Federais no Estado.
O movimento é nacional e já dura mais de 50 dias. Os policiais buscam, além da reestruturação da tabela salarial equiparando valores com cargos como auditor da Receita Federal e de oficial da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), também a reestruturação da carreira e novos concursos públicos.
A categoria, conforme Só Notícias informou, rejeitou o reajuste salarial proposto pelo governo de 15,8%, o mesmo percentual oferecido, e aceito, pela grande maioria dos servidores públicos federais. Mesmo após o fim de negociações com o governo, os policiais decidiram manter a mobilização.
Em meados de setembro, o ministro Herman Benjamin, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), atendeu pedido de liminar da Advocacia-Geral da União (AGU) e determinou limites para a greve. Na decisão, ficou estipulado que policiais que atuam em portos e aeroportos e aqueles que atendem às demandas da Justiça Eleitoral deveriam manter 100% de suas atividades de plantão.
A liminar também determinou manutenção de 70% do efetivo nas atividades da Polícia Judiciária, de inteligência e em unidades de fronteira; 50% nas funções de Polícia Administrativa; e 30% nas tarefas residuais. Multa diária de R$ 100 mil à Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) também foi estipulada em caso de não cumprimento.
A Polícia Federal trabalha diretamente contra crimes de corrupção, nas fronteiras do país, crimes ambientais, contra previdência social, de colarinho branco, contrabando, tráfico de pessoas e pedofilia.
Fonte : Só Notícias

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!