Firjan destaca arrecadação de recursos de municípío de MT

02/04/2012 08:51

 

Fonte :Olhar Direto - PV

As prefeituras que arrecadam e gastam bem os recursos públicos foram destacadas em uma pesquisa nacional da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). A classificação com o Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF) também é baseada em dados do último censo do IBGE. Entre os dados avaliados estão: a receita própria, os gastos com pessoal, os investimentos, a liquidez e o custo de vida de cada município.

O levantamento aponta que dos dez municípios de Mato Grosso, avaliados pela Firjan, sete são produtores de soja. Quatro são municípios de médio porte e Acorizal é o menor município com menos de 6 mil habitantes e que deu passo à frente no desenvolvimento.

Os resultados mostraram que o município de Acorizal foi classificado como a décima cidade com os melhores desempenhos nos seguintes índices: IFGF (0,7608); receita própria (0,2103); gastos pessoais (0,9172); investimentos (1,0000); liquidez -0,8728 e custo de vida (0,8573).

O prefeito de Acorizal e também presidente da AMM, Meraldo Figueiredo Sá, informou que os gestores precisam ter controle de todos os gastos e arrecadação de seu município. Na avaliação de Meraldo, o levantamento da Firjan é um excelente parâmetro para que os gestores possam melhorar a gestão fiscal. Segundo ele, Acorizal não estava inserido no cenário econômico e fiscal no Estado. “Atualmente, temos uma estreita parceria com a Câmara Municipal e acompanhamos todos os gastos”, garantiu. 

Desenvolvimento

Com 58 anos de emancipação político administrativa, o município registra uma nova história e vem se destacando por sua vocação para o desenvolvimento e oportunidades na geração de emprego e renda. 

O município será o primeiro do Brasil a receber uma fábrica de gelatina da empresa belga PB Leiners Brasil, uma subsidiária do grupo multinacional Tessenderlo. A indústria vai absorver a mão de obra local e movimentar a economia de toda a região. A expectativa é que sejam gerados muitos empregos diretos. 

A estimativa é de novas frentes de trabalho com a qualificação da mão de obra. Além de fomentar a economia, a indústria vai estimular o setor da pecuária de toda a região, pois a matéria prima da gelatina é a pele bovina. 

A expectativa é que a chegada da primeira indústria em Acorizal marcará um novo ciclo econômico e vai garantir benefícios à população com a geração de emprego e renda para muitas famílias. Com a chegada desta indústria, outras empresas querem se instalar em Acorizal.

A cidade está preparada com a infra-estrutura em asfalto e energia elétrica, além de outras melhorias que vão favorecer a chegada de novos investimentos na área empresarial. 

Agência de Notícias da AMM

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!