Rio -  Está aberta a temporada de concursos na área militar. Após o Senado Federal aprovar, no início do mês, os critérios para ingresso nas carreiras (idade, altura e sexo), as Forças Armadas começaram a publicar seus editais. Exército, Marinha e Aeronáutica oferecem, ao todo, 7.499 oportunidades a candidatos de todos os níveis.

Dependendo do posto ocupado, os ganhos chegam a R$ 7 mil. Das vagas abertas pelo Exército, 1.350 são para a Escola de Sargentos das Armas, nas áreas de combatente, logística-técnica, aviação, música e saúde. Outras 1.263 chances são para os cursos de formação de sargentos de 2013 (nas áreas de combatente, logística-técnica e aviação) e oficiais do quadro complementar de 2012 e do serviço de saúde (farmácia e odontologia) de 2013. Os candidatos podem obter informações no endereço eletrônico www.exercito.gov.br/web/ingresso/concursos.
 

Atentos às oportunidades nas Forças Armadas, alunos do ProFuturo já começaram a preparação. Eles chegam a estudar até 9 horas todos os dias | Foto: Divulgação
Atentos às oportunidades nas Forças Armadas, alunos do ProFuturo já começaram a preparação. Eles chegam a estudar até 9 horas todos os dias | Foto: Divulgação

Na Marinha, as 4.722 oportunidades são distribuídas pelos seguintes postos: aprendiz-marinheiro (2.200), oficial do quadro complementar (146); técnico do corpo auxiliar (32); Escolas de Formação de Oficiais (386); área de saúde e sargento músico do Corpo de Fuzileiros Navais para 2013 (62); Colégio Naval (235); corpos da Armada, de Fuzileiros Navais e de Intendentes (41); curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais (1.620). Saiba mais em www.mar.mil.br/.

Já a Aeronáutica oferece 160 chances em 12 profissões para Estágio de Adaptação de Oficiais Temporários e quatro chances para estágio de instrução e adaptação para capelães em 2013. Informações: www.fab.mil.br.

Aluno do Instituto ProFuturo, Giovani Florêncio Martins, 17 anos, mudou a alimentação de olho nos testes físicos. “Aproveitei as férias escolares para me dedicar”, diz.

O QUE PRIORIZAR
De acordo com Mellyna Rigatos de Lanna, coordenadora Pedagógica do Instituto ProFuturo, os candidatos a vagas no Exército e na Marinha devem reforçar os estudos em Redação (cargos de Nível Médio) e conhecimentos específicos, dependendo da área (funções de Nível Superior). Já os interessados em ingressar na Aeronáutica devem ficar atentos ainda aos conteúdos de Português e Física, que são muito exigidos nas provas.

COMO CONCILIAR
Profissional da área de pré- Militar, Paulo Quilelli dá dicas a quem pretende se candidatar a um concurso no Exército e outro na Marinha, por exemplo. “Ambos exigem nas provas Química, Geografia e História. As outras matérias são comuns, porém com níveis diferentes de cobrança. A prova para a Escola Naval é mais aprofundada que a da EsPCEx. Um aluno dedicado deve fazer questões de provas dos dois concursos”, orienta.

TESTE FÍSICO
Segundo Quilelli, o candidato deve ficar atento também à avaliação física. “Se já pratica, pode treinar sozinho, uma vez que os exercícios são fáceis para quem já é adepto. Quem não está acostumado, deve buscar ajuda profissional”, diz ele.