Funcionários dos Correios aguardam audiência do TST

23/09/2012 10:27

Escrito:por Izabel Barrizon, repórter do GD

 

Greve dos funcionários dos Correios deflagrada na última quarta-feira (19) em 21 estados e no Distrito Federal pode ser encerrada na próxima semana. Categoria reivindica 43,7% de reajuste, R$ 200 de aumento linear e piso salarial de R$ 2,5 mil. Atualmente, o salário inicial de carteiros, atendentes comerciais e operadores de triagem e transbordo é de R$ 942. 

Divulgação

Em Mato Grosso, como explicou o Secretário Geral do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas dos Correios, Telégrafos e Serviços Postais de Mato Grosso (Sintect/MT), Samuel Carvalho de Souza, apenas algumas agências paralisaram as atividades.

Na terça-feira (25), uma nova audiência de conciliação entre a entre a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) e a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect) foi marcada pela ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Kátia Arruda.

Porém, na segunda-feira (24), a Fentect deve protocolar uma contraproposta, prevendo 5,2% de reajuste salarial, aumento de R$ 80, reajuste de 8,84% no vale-alimentação, abono dos dias parados e a manutenção das cláusulas sociais e do plano de saúde. (Com informações Agência Brasil)

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!