Governo de MT apresenta nova tecnologia educacional

12/08/2011 09:23

O governador Silval Barbosa e o secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Eliene Lima, apresentam na próxima terça-feira (16) às 10hs a nova tecnologia educacional adquirida no valor de R$ 15 milhões, que promete revolucionar a aprendizagem no Estado.

A apresentação será em Cuiabá e transmitida via satélite aos 141 municípios do Estado. O evento, que será todo realizado de dentro de um estúdio de televisão montado na sede da Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia (Secitec), contará com a presença da secretária de Educação, Rosa Neide, e do presidente da Assembleia Legislativa, José Riva.

De um estúdio televisivo, Silval e Eliene apresentarão toda a funcionalidade do programa ‘MT Preparatório’ ao conversarem ao vivo com 12 prefeitos, que estarão nos seus municípios de origem. Esses prefeitos terão a oportunidade de fazer o uso da palavra brevemente para comentar a ação do Estado em oferecer gratuitamente aulas preparatórias para Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), Vestibular e concurso público.

O evento será transmitido ao vivo para 184 escolas estaduais onde foram instalados os equipamentos (antena VSAT bidirecional, roteador-receptor de satélite, microcomputador, webcam com microfone embutido e TV LCD 42 polegadas) capazes de receber as imagens geradas dentro do estúdio.

MT PREPARATÓRIO

O programa ‘MT Preparatório’ está em 2011 em seu primeiro ano de execução. A ação organizada pela Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia irá fornecer a 23 mil pessoas - entre alunos do 3º ano da rede pública estadual, reeducandos das unidades prisionais do Estado e concluintes do Ensino Médio - aulas preparatórias para exames seletivos (Enem, Vestibular e concurso público).

De 15 de agosto, quando as aulas começam em todo o Estado, até dezembro os matriculados no programa terão aulas de 13 disciplinas.

Ao total serão 18 professores, que irão ministrar as aulas de dentro do estúdio de TV da Secitec. As imagens serão retransmitidas via satélite aos 193 pontos espalhados por Mato Grosso. Nesses pontos receptores de imagens, a maioria instalada em escolas estaduais, os mais de 23 mil participantes do programa assistirão através de uma TV de 42 polegadas à aula que o professor estará ministrando do estúdio televisivo em Cuiabá.

ESTÚDIO DE TV

O estúdio de TV é composto por três câmeras PTZ robotizadas eletromagnéticas e um quadro interativo ‘Smart Board’. Nesse último item tecnológico o educador utilizará nas suas aulas um grande monitor de TV de 52 polegadas, de onde é possível escrever notas, fazer desenhos, abrir fotos ou até mesmo vídeos. Nesse monitor há uma série de sensores que mapeiam alterações na superfície da tela, permitindo que o professor possa interagir com conteúdo multimídia e escrever anotações em tinta digital.

O estúdio televisivo contém ainda ‘TriCaster’, com funções de ‘switch digital’, que captura e edita imagens, e ainda gera caracteres em tempo real. Com essa tecnologia será possível a utilização do Chroma key, que através de um fundo verde, o professor poderá inserir imagens, vídeos, animações 2D e 3D para melhor contextualizar o conteúdo aos alunos.

O estúdio é ainda todo revestido com manta de rocha e sonex, para deixar o ambiente acústico e anti-chamas.

AULAS

As aulas do ‘MT Preparatório’ serão realizadas em dois horários: manhã e a noite. Serão três aulas por dia, de segunda a sexta, com intervalo de 15 minutos. No período matutino o horário de início dos estudos será das 07h10 às 11h15, e no noturno das 19hs às 22h15. Os alunos irão receber todo o material didático - livros encadernados e coloridos-, e mais um DVD contendo 100 vídeos-aulas.

AULAS NAS UNIDADES PRISIONAIS

Cerca de 250 reeducandos abrigados nas unidades prisionais de Mato Grosso terão acesso às aulas do programa ‘MT Preparatório’. A ação educacional será realizada através de uma parceria entre a Secitec e a Fundação Nova Chance (Funac).

Serão atendidos os detentos da Cadeia Pública de Santo Antônio do Leverger, os dos presídios ‘Major Eldo Correa’ (Mata Grande/Rondonópolis), ‘Osvaldo Florentino Ferreira’ (Ferrugem/Sinop), ‘Major PM do Zuzi Alves da Silva’ (Água Boa) e as reeducandas da Penitenciária Feminina ‘Ana Maria do Couto May (Cuiabá).

Nessas unidades as aulas não serão exibidas ao vivo. O conteúdo será gravado e disponibilizado aos detentos em horários a serem definidos pela Funac. E assim como os demais atendidos, os cerca de 250 reeducandos também receberão material didático.

 

Fonte:O Documento


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!