Governo prevê que ferrovia chega a Rondonópolis até 2013

04/06/2012 12:50

 

Dois grupos estrangeiros já demonstraram interesse em trazer trilhos até a Capital

Ednilson Aguiar/Secom-MT

Autora:LAÍSE LUCATELLI ENVIADA ESPECIAL A ITIQUIRA              Fonte:Mídia News

 

 

Com a inauguração do terminal ferroviário de Itiquira, o trem chega mais perto de Cuiabá

 

Com a inauguração do terminal ferroviário de Itiquira (357 km ao Sul da Capital), na manhã de sábado (2), foi dado mais um passo para a chegada dos trilhos da Ferrovia Senador Vicente Vuolo (Ferronorte) a Cuiabá. Entre dezembro deste ano e o primeiro trimestre de 2013, deve ser inaugurado o Terminal de Rondonópolis (a 212 km), que será um dos maiores da América do Sul.

Segundo previsão do secretário da Logística Intermodal de Transportes, Francisco Vuolo (PR), o trecho entre Rondonópolis e a Capital deve ser licitado no ano que vem. 

“Os estudos de impacto socioeconômico e ambiental estão sendo elaborados com recursos do governo estadual. Em breve, teremos o projeto básico do traçado dos trilhos, e a previsão é licitar a implantação desse trecho no ano que vem”, informou.

Esse trajeto terá que ser licitado porque empresa que detém a concessão da linha e está executando as obras até Rondonópolis, a América Latina Logística (ALL), abriu mão da concessão até Cuiabá, por pressão do governo estadual. A decisão foi tomada após a empresa sinalizar que não tinha interesse em implantar e explorar os trilhos após Rondonópolis.

Dois grupos estrageiros já demonstraram interesse em trazer a Ferronorte até a Capital: o italiano Salcef S/A e o sul-coreano Posco.

Vuolo informou, ainda, que esse trecho pode receber, no futuro, trens de passageiros. Para isso, terão que ser construídos terminais específicos, pois os já previstos nos projetos são terminais de carga, para escoamento da produção.

Dificuldades

Em um discurso emocionado, na solenidade de inauguração do terminal, o secretário lembrou das dificuldades enfrentadas para implantar a Ferronorte, desde quando seu pai, Vicente Emílio Vuolo, elaborou o plano de interligação Ferroviária entre São Paulo e Mato Grosso, em 1976.

O projeto foi feito na década de 1980, e abandonado pelo alto custo de implantação. Foi retomado na década de 1990 e, em 2000, chegou à primeira cidade mato-grossense, Alto Taquari. As obras foram paralisadas em 2003, e retomadas após aditivo do Governo Federal.

Após vencidas todas as dificuldades, a inauguração do terminal de Itiquira e o avanço dos trilhos até Rondonópolis foram comemorados por todas as autoridades presentes à inauguração. “Esse foi mais um passo decisivo para o desenvolvimento do Estado”, declarou o ministro dos Transporte, Paulo Sérgio Passos (PR).

“Essa é uma conquista dos produtores mato-grossenses. O terminal conta com uma das estruturas de embarque e descarga mais modernas do país”, disse o governador Silval Barbosa (PMDB).

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!