GUERRA: Tráfico não perdoa, mata. Mais um traficante executado por rival

20/09/2012 08:52

Escrito:Por José Ribamar Trindade                            Fonte:24HorasNews

 

O tráfico de drogas continua dando as ordens. Os traficantes matam ou mandam matar e não acontece nada. Por volta das horas desta terça-feira (18), quatro pessoas foram baleadas por um traficante. Um dos feridos não resistiu e morreu duas horas depois no Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande (PSM-VG).

A tentativa de chacina aconteceu no Jardim Esmeralda, em Várzea Grande (Grande Cuiabá). Uma das vítimas foi identificada como Roberto da Silva e Souza, o “Robertinho”, de 23 anos, com pelo menos duas passagens pela Polícia por crime de tráfico de drogas,

“Robertinho”, que levou pelo menos seis tiros, dois deles na cabeça, deu entrada no PSM-VG em estado grave, não resistiu aos ferimentos e morreu às 22 horas.

Nos tiros disparados por um traficante contra Robertinho, três pessoas que não tinham nada a ver com o caso, pois eram apenas funcionários de um supermercado também foram atingidos. As três vítimas, no entanto, sofreram apenas ferimentos superficiais e não correm risco de morte.

A “traficante” que não mandou, mas sim foi lá e ele mesmo fez o “serviço”, fugiu e ainda não  foi identificado. A Polícia Militar confirmou que a morte de Robertinho está envolvida a um “acerto de contas” por conta de rivalidade entre os traficantes.

O corpo de Robertinho foi liberado por investigadores da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), chefiados pelo delegado Antonio Carlos Garcia de Mattos. Até o momento ninguém foi preso.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!