Juiz manda afastar servidores acusados de nepotismo

08/02/2012 09:07

 

Autor:Welington Sabino
Fonte:Gazeta Digital
 

A Justiça de Mato Grosso determinou o afastamento de 2 servidores comissionados do município de Itaúba (600 Km ao norte de Cuiabá) de suas funções em virtude da prática de nepotismo no Poder Executivo Municipal. O juiz Flávio Maldonado de Barros, acatou uma ação civil pública proposta pelo Ministério Público Estadual (MPE) e determinou que o prefeito Raimundo Zanon (PP) afaste a esposa de um vereador e outro servidor que além de ter parente na administração municipal, foi cedido pelo município de Colíder em situação ilegal. 

Divulgação
Prefeito de Itabúba Raimundo Zanon que também é réu na ação terá que afastar 2 servidores acusados de nepotismo

 

 

Promotor de Justiça Washington Eduardo Borrére, explica que a ação de improbidade administrativa foi proposta também contra o prefeito de Itaúba, Raimundo Zanon, além dos servidores em situação ilegal, na qualidade de litisconsortes. A liminar determina que os servidores sejam afastados imediatamente por Zanon. No mérito da ação, o MP pede a condenação por improbidade administrativa tanto do prefeito, quanto dos servidores. Os nomes dos servidores não foram divulgados pelo promotor.

Pede a suspensão dos direitos políticos, perda do cargo público e a imposição de multa, penalidades previstas na Lei de Improbidade Administrativa. O promotor lembra ainda que antes de acionar a Justiça, o promotor notificou o prefeito sobre a irregularidade e as medidas que deveriam ser adotadas, mas a notificação não foi acatada por Zanon.  Na ação também está sendo questionada a legalidade da nomeação de outros servidores.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!