Mário Couto pede prisão de Pagot e devolução de recursos públicos roubados do Dnit

03/08/2011 16:21


O senador Mário Couto (PSDB-PA) defendeu em discurso no Plenário, nesta terça-feira (2), a prisão do ex-diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Luiz Antonio Pagot, que pediu demissão do cargo após a divulgação de denúncias acusando-o de participar de esquema de fraudes em licitações de obras rodoviárias.

- Quero ver o Pagot preso. Não cansarei de falar: Quero ver o Pagot na cadeia. Esses que lesaram e mataram muitos brasileiros nas estradas esburacadas deverão passar muito tempo na cadeia - disse.

Mário Couto acrescentou que, caso seja comprovada a culpa do ex-diretor do Dnit e de outros envolvidos, as verbas desviadas devem ser devolvidas aos cofres públicos.

No início de seu pronunciamento, ele recordou que foi o único senador a votar contra a indicação de Pagot para o Dnit, devido ao fato de este ter sido acusado de receber R$ 500 mil do Senado sem haver trabalhado na Casa. O parlamentar lamentou também o fato de não ter tido o apoio de seus pares em dois pedidos que fez para instalação de CPIs para investigar o Dnit.

Fonte:24Horas News

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!