Médicos mantém greve por falta de acordo

12/02/2012 08:35

 

 


Devido às novas reclamações sobre atraso salarial e de que direitos trabalhistas não estariam sendo cumpridos pela Secretaria de Saúde de Várzea Grande, os médicos do município rejeitaram a proposta que seria apresentada pelo Sindicado da classe (Sindimed/MT) ao secretário da pasta Marcos José da Silva, nesta semana. Por este motivo, o movimento grevista, iniciada na segunda-feira (6), continua por tempo indeterminado.

Segundo a presidente do Sindimed/MT, Elza Queiroz, os profissionais que atuam no Pronto-Socorro Municipal relataram que ainda existem médicos que estão com salários atrasados desde outubro do ano passado. “Outra reclamação foi em relação ao enquadramento do Plano de Carreira, onde médicos afirmam que estão ocorrendo diminuição nos valores de determinados benefícios”.


A presidente do Sindimed/MT informou ainda que na terça-feira (14) será realizada uma nova reunião entre a classe e a secretaria, onde será apresentado um levantamento sobre as reclamações relatadas pelos profissionais. “A intenção é que estes 2 novos itens apresentados pelos médicos sejam corrigidos para que, então, as negociações continuem”
 


Fonte: Do GD


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!