MT deve contribuir com 63% do superávit

05/03/2012 10:12

 

 

Balança comercial mato-grossense pode responder por 63% do superávit brasileiro neste ano. Pesquisa Focus projetou para 2012 saldo de US$ 19,50 bilhões na balança comercial brasileira, volume 34,6% inferior aos US$ 29,79 bilhões de 2011. Para Mato Grosso, projeções mais tímidas preveem saldo de US$ 12 bilhões neste ano. Nos últimos 3 anos, saldo da balança comercial mato-grossense representou em média 30% do superávit brasileiro.

Com a tendência de aumento nas exportações dos produtos primários, carro-chefe das negociações de Mato Grosso com o mercado internacional, a participação estadual no saldo da balança comercial do país deve subir. Diferentes fatores contribuem para este cenário, como o aumento de 12,8% na produção agrícola mato-grossense, num volume de 34,9 milhões de toneladas, assim como a manutenção dos preços das commodities, como lembra o economista Pedro Razente. Valorização cambial dificultando a exportação de produtos industrializados é outro fator que pesa na relação comercial com outros países.

Algumas instituições financeiras menos otimistas apostam num superávit de US$ 11 bilhões para o país, a exemplo da análise apresentada por técnicos do Itaú/Unibanco, evidenciando ainda mais a importância de Mato Grosso nas negociações com o mercado externo. Superintendente do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Otávio Celidônio, percebe 2012 como um ano positivo para a comercialização da produção mato-grossense, tanto no mercado internacional quanto doméstico. Prejuízos à safra agrícola na região Sul, com o clima afetando grandes produtores como Paraná e Rio Grande do Sul, aumentam a demanda pelos produtos mato-grossenses. 
 


Fonte: Do GD


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!