"Mulher Monstro" confessa que teve filha no vaso sanitário e ainda deu a descarga

11/07/2011 08:00

Uma mulher tão fria, que suas atitudes a classificam como “A  Mulher Monstro”. Ela simplesmente deu à luz à filha dentro do vaso sanitário e ainda teve a coragem de dar a descarga. Marcela Cardoso de Souza, de 26 anos, gravou sua confissão dentro do Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande (PSM-VG).

A confissão revoltou a todos, principalmente à delegada Anaídes Barros, da equipe de investigações da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP). Marcela foi autuada em flagrante em crime de homicídio triplamente qualificado.

A “mulher monstro”, não só confessou a brutalidade contra a própria filha, como ainda contou em detalhes toda sua gravidez, que ela mesma confessa que nunca desejou.

A brutalidade aconteceu na manhã da última quarta-feira (06). Depois da monstruosidade, ela colocou o corpo da  filha - segundo testemunhas, era uma criança muita linda e saudável -, dentro de uma sacola plástica e a colocou em meio a um monte de lixo ao lado de um poste de iluminação pública na Morada da Serra (CPA-3), em Cuiabá.

Quando deixar o hospital, Marcela vai ser transferida direto para a Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto, onde aguardará julgamento presa. Se for condenada, Marcela pode pegar uma pena mínima de 14 anos, e uma pena máxima de 30 anos de reclusão em regime fechado.

Fonte:24Horas News


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!