Obras da Copa começam a sair do papel na Capital

25/03/2012 10:18

 

Avenida Miguel, que terá trincheira e viaduto, estará interditada no final de semana

 

Secopa

 

Avenida Miguel Sutil, que terá trincheiras e viadutos, será interditada neste fim de semana

Autor:LISLAINE DOS ANJOS
Fonte:Mídia News

Os cuiabanos que saírem de casa neste fim de semana e passarem pela Avenida Miguel Sutil precisam tomar cuidado. Isso porque, durante este sábado (24) e domingo (25), a via será interditada, temporariamente, para a realização de serviços de topografia, para locação da obra da trincheira no entroncamento das Avenidas Jurumirim e Trabalhadores.

Essa obra faz parte do pacote de mudanças estruturais que serão feitas na cidade, visando à Copa do Mundo de 2014.

De acordo com informações da Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa), o trecho entre as ruas Bela Vista (trevo de acesso ao bairro Jardim Leblon) e Esmeralda (próximo ao Hotel Global Garden) será interditada neste sábado das 13h às 18h e no domingo, das 7h às 18h.

Apesar de a avenida não ser totalmente bloqueada, os motoristas deverão ficar atentos: desvios e redução do tráfego serão feitos, além do estreitamento da via para uma pista apenas, em alguns momentos.

A partir de abril, quando - de acordo com o calendário da Secopa – serão formados os canteiros de obras de mobilidade urbana, a atenção dos motoristas deverá ser redobrada, pois as interdições na pista serão constantes.

Ao todo, quatro trincheiras serão construídas na Avenida Miguel Sutil. Além da Jurumirim, ainda serão construídas trincheiras no bairro Santa Rosa, no entroncamento com a Rodovia Mário Andreazza e no acesso ao bairro Verdão e à Arena Pantanal.

Segundo a assessoria da Secopa, ainda na primeira quinzena de abril, a população já poderá conferir de perto a realização das obras. As empresas vencedoras das licitações, Sobelltar e Ster Engenharia, já começaram a fazer a contratação de pessoal e de máquinas para iniciarem as construções.

Lote suspenso

Após ter a licitação para o segundo lote de obras de mobilidade urbana suspensa pelo conselheiro Antônio Joaquim, do Tribunal de Contas do Estado (TCE), no dia 15 de fevereiro, a Secopa lançou um novo edital e as obras deverão ser iniciadas em maio deste ano.

O lote se refere à construção de um viaduto de 325 metros na Avenida Miguel Sutil, no trecho com o bairro Despraiado, além de adequações viárias no trecho da entrada Avenida Marechal Deodoro, no trecho que dá acesso ao Centro de Eventos do Pantanal, totalizando 1,8 km.

De acordo com o conselheiro do TCE, houve alteração das exigências do edital, sem que fosse reaberto o prazo para apresentação das propostas, o que cercearia a participação de outras empresas no certame.

A assessoria afirmou que as recomendações feitas pelo TCE foram cumpridas pela Secopa e que um novo edital foi publicado. As propostas das empresas interessadas serão conhecidas no próximo dia 9 de abril, às 9h, quando os envelopes serão aberto na sede da Secretaria.

Apesar do atraso em relação às trincheiras que serão construídas na mesma via, a Secopa acredita que o prazo restante será suficiente para a conclusão da obra.

Escoamento do trânsito

A duplicação da Avenida Vereador Juliano Costa Marques, via próxima ao Shopping Pantanal e que dá acesso à Avenida Historiador Rubens de Mendonça (CPA), ainda está em andamento. Segundo informações da Secopa, a obra já está 70% concluída e deverá estar encerrada até o final de abril.

No momento, a obra está passando pela fase de imprimação, base necessária para o recebimento da capa asfáltica. Ao todo, o trecho em obras tem 3,1 km.

Devem ser entregues, também no final de abril, as obras de prolongamento e duplicação da Avenida Jurumirim e a construção e duplicação da ponte sobre o córrego Gumitá.

A obra que está sendo feita na Avenida Jurumirim tem 1,2 km de extensão e deverá atender a necessidade de ser usada como binário com a Avenida dos Trabalhadores, passando a ser uma via de mão única.

Já a ponte de concreto sobre o córrego Gumitá já está praticamente concluída e, de acordo com a assessoria da Secopa, faltam apenas os reparos finais nas cabeceiras da ponte – que terá 30 metros de extensão e 12,8 metros de largura.

Após sua conclusão, a via será usada como alternativa para desafogar o trânsito na Avenida dos Trabalhadores, interligando os bairros Novo Mato Grosso e Três Lagoas.

Anteriormente, a Secopa já havia salientado a importância de tais obras para o escoamento do tráfego, quando forem iniciadas outras grandes obras de mobilidade urbana, como a duplicação da Avenida Fernando Corrêa da Costa e a construção do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que ligará Várzea Grande, a partir do Aeroporto Marechal Rondon até Cuiabá, no Grande CPA.

Por outro lado, as obras de pavimentação do 1º trecho da Avenida Mário Palma já foram concluídas.

Ponte Mário Andreazza

Com 90% da sua construção concluída, a duplicação da ponte Mário Andreazza deverá ser entregue no próximo mês de maio. Segundo a Secopa, a ponte que interliga Cuiabá a Várzea Grande terá 228 metros de extensão e 11 metros de largura. Ela está sendo construída no sistema de pré-moldados e teve um custo de R$ 11,5 milhões.

Após a conclusão das obras no novo corredor, o fluxo de veículos deverá ser liberado na nova pista e assim a empresa poderá adequar a ponte antiga, que está sendo usada no momento.

Segundo a assessoria, a empresa irá readequar a estrutura de pavimentos da antiga ponte e construir uma calçada de dois metros de largura.

Licitações abertas

Nesta sexta-feira (23), o Governo do Estado divulgou, no Diário Oficial, a abertura de licitações para contratação de empresas de engenharia para as obras de construção de uma ponte de concreto pré-moldado sobre o rio Coxipó, implantação e ligação de avenidas e pavimentação de diversas ruas localizadas no entorno da Arena Pantanal, no bairro Verdão.

O aviso de concorrência nº 002/2012 está dividido em três lotes.

No lote 1, está planejada a interligação da Avenida Beira-Rio com a Rua Antônio Dorilêo (bairro Coophema), totalizando 2,5 km de extensão.

No lote 2 será executada uma ponte de concreto pré-moldado sobre o rio Coxipó, contendo 115 metros de extensão e 12,8 metros de largura. A obra fará a ligação entre Avenida Beira Rio e a Rodovia Palmiro Paes de Barros - que vai para Santo Antônio de Leverger -, beneficiando os bairros Jardim das Palmeiras e Parque Geórgia.

Já o lote compreende a pavimentação de diversas ruas no entorno da Arena Pantanal, totalizando mais de 2,2 km de extensão. As vias que serão beneficiadas com o certame são: Rua Begônias, Rua dos Crisântemos, Rua Onze de Maio, Rua das Papoulas, Av. Dom Carlos L. D´amour, Rua das Almas e Rua da Caridade.

Próximas obras

De acordo com o governador Silval Barbosa (PMDB), ainda em abril, será conhecida a empresa vencedora da licitação para implantação do VLT, obra com valor estimado em R$ 1,2 bilhão.

No próximo mês também deverá ser finalizado o projeto executivo do novo estacionamento do Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, obra que será executada pelo Governo do Estado.

Além disso, ainda em maio deste ano serão lançadas as obras de duplicação da Estrada da Guarita, em Várzea Grande, e da ponte que passa sobre o Rio Pari – que dá acesso à Passagem da Conceição e, atualmente, permite apenas a passagem de um carro por vez.

Ao todo, a obra na Guarita compreenderá 8,4 km e facilitará o acesso ao Centro Oficial de Treinamento (COT) de Várzea Grande, localizado na Barra do Pari. A distância entre o COT de Várzea Grande e a Arena Pantanal, que será palco de jogos do Mundial, será de 2,7 km.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!