Onda de explosão em banco leva Bope a treino intensivo

29/03/2012 08:23

 

Tropa de elite da Polícia Militar faz curso especial para lidar com bombas

 

Guilherme Filho/Secom-MT

 

Policiais do Bope recebem instrução prática com equipamentos de contramedida para desativar bombas

Autor:KATIANA PEREIRA
Fonte:Mídia News

O Batalhão de Operações Especiais (Bope) está capacitando policiais para o desarme de explosivos. A Tropa de Elite da polícia do Estado iniciou, no útlimo dia 14, o Estágio de Explosivista Policial. O curso será concluído na próxima sexta-feira (30).

No total, 11 policiais (9 do próprio Bope e dois da Polícia Federal) recebem 180 horas/aula de treinamento teórico e prático para ocorrências com bombas. Durante toda esta terça-feira (27), os policiais em treinamento fizeram simulações e prática com equipamentos de contramedida para desativação de explosivos. 

O treinamento tem por objetivo preparar, com o máximo rigor técnico, um número maior de policiais para o trabalho envolvendo explosivos. 

Uma das motivações para o curso são as constantes ocorrências envolvendo explosão de caixas eletrônicos. 

O comandante do Bope, major Jonildo José de Assis, falou sobre essa situação ao MidiaNews


“O Bope tem sido acionado, muitas vezes, para a desativação de explosivos, que envolve ocorrências de explosão a caixas eletrônicos. O risco que o policial corre é muito grande. O Bope tem como princípio treinar, dar treinamento e operar", disse ele. 

Risco de acidente

O capitão Fabiano Pessoa recebeu esse mesmo treinamento na Colômbia. Agora, ele é o responsável por disseminar o conhecimento para outros policiais. 

Segundo ele, não é fácil lidar com explosivos, pois o risco de ocorrer algum tipo de acidente é grande". "O treinamento é essencial para evitar que a população e os policiais não corram risco de vida", afirmou.

Pessoa destacou o forte impacto de uma explosão. “Não há distinção quanto ao tipo de explosivo, o perigo é o mesmo, pois, em qualquer tipo de composição material, o resultado no momento da explosão é praticamente o mesmo. Estão presentes os efeitos sobre pressão, calor, onda de choque e fragmentação”, observou. 

Os policiais que participam do treinamento dado pelo Bope também farão uma complementação prática, em parceria com o esquadrão antibomba da Polícia Militar do Distrito Federal, entre os dias 16 e 20 de abril. 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!