Os bebês chegaram em Primavera do Leste

03/02/2012 16:38

 

Eles devem permanecer na cidade até o dia 23 de fevereiro

Autor:Jaqueline Hatamot

Fonte:F5

 

Janine Oliveira

 

Após algum tempo em São Paulo, os bebês Chistopher e Nicolas voltaram para Primavera do Leste, eles chegaram de viagem na noite de quinta-feira (2), o motivo da volta dos gêmeos siameses é que os pais precisavam registrar as crianças.

 

Após algum tempo em São Paulo, os bebês Chistopher e Nicolas voltaram para Primavera do Leste, eles chegaram de viagem na noite de quinta-feira (2), o motivo da volta dos gêmeos siameses é que os pais precisavam registrar as crianças.

 

Após algum tempo em São Paulo, os bebês Chistopher e Nicolas voltaram para Primavera do Leste, eles chegaram de viagem na noite de quinta-feira (2), o motivo da volta dos gêmeos siameses é que os pais precisavam registrar as crianças.

 

Após algum tempo em São Paulo, os bebês Chistopher e Nicolas voltaram para Primavera do Leste, eles chegaram de viagem na noite de quinta-feira (2), o motivo da volta dos gêmeos siameses é que os pais precisavam registrar as crianças.

 

Após algum tempo em São Paulo, os bebês Chistopher e Nicolas voltaram para Primavera do Leste, eles chegaram de viagem na noite de quinta-feira (2), o motivo da volta dos gêmeos siameses é que os pais precisavam registrar as crianças.

 

“Nós tivemos que voltar para resolver a questão do registro de nascimento das crianças que não foi possível fazer lá em São Paulo, e também porque os pais precisam se casar,pois estamos aqui;”declarou a avó dos gêmeos Eva Márcia da Silva. Os bebês hoje com dois meses necessitam de cuidados especiais, por isso não podem se expor muito pois são muitos frágeis e por tanto não podem ter muito contato com pessoas estranhas.

Quando a mãe dos bebes hoje com 15 anos estava no terceiro mês de gestação descobriu que as crianças teriam uma doença grave, Notocordio Caudal, que significa que da cintura para baixo as crianças possuem os mesmos orgãos, por exemplo  os bebês possuem três pernas. A doença atinge uma gestação a cada 100 mil.

Para serem submetidos a uma cirurgia os bebês precisam ganhar peso, hoje eles pesam aproximadamente sete quilos e precisam chegar aos 12 quilos, e ainda completarem seis meses de vida. “Eles tem que ficar mais fortes e precisam passar por muitos exames ainda para depois se submeterem a cirurgia de separação;”explicou avó

Os bebês se alimentam exclusivamente de leite em pó e por isso a família precisa da ajuda de toda população, além disso, a mãe e a avó das crianças precisam ficar em São Paulo onde as são acompanhadas por uma junta médica do Hospital das Clínicas. “As despesas são muito altas e não temos como nos manter lá, precisamos de ajuda”; solicitou a avó.

Doações podem ser feitas através da conta corrente de Celso Henrique Santos na Caixa Econômica Federal, os dados são os seguintes: Agência: 3927 – Conta corrente: 6151-4 – CPF: 032.596.781-40.

Assista ao vídeo.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!