Pelo menos seis são mortos após tiroteio em universidade nos EUA

03/04/2012 07:58

 

Subiu para seis o número de mortos após um homem armado abrir fogo contra uma universidade particular em Oakland, na Califórnia, na manhã desta segunda-feira. A polícia também prenderam um suspeito de ser o atirador.


O presidente da Câmara Municipal de Oakland, Larry Reid, confirmou o número de óbitos até o momento após consultas a fontes da chefia de polícia. Mais cedo, os agentes afirmaram que "mais de três pessoas" morreram.

A polícia informa que o homem acusado foi detido em um estacionamento em um shopping próximo à universidade. Membros da polícia e da SWAT, a tropa de elite, buscam outros suspeitos e feridos na instituição.
 

  Peter DaSilva/Efe  
Equipes são vistas no local de tiroteio em universidade de Oakland, na Califórnia
Equipes são vistas no local de tiroteio em universidade de Oakland, na Califórnia

"Um eventual suspeito foi preso. Não há ameaça imediata para a segurança pública nas imediações", indicou a polícia de Oakland em sua conta no Twitter pouco depois do tiroteio.

Segundo a descrição feita por testemunhas citadas pela TV local, o atirador seria um homem acima do peso com aparência asiática, que teria por volta de 40 anos e vestia roupas militares.

Emissoras de televisão mostraram pessoas feridas saindo do prédio da Universidade Oikos, enquanto outras macas entravam para fazer o resgate. Pelo menos cinco ambulâncias foram enviadas até o local.

De acordo com informações de seu site na internet, a Universidade Oikos oferece cursos de teologia, música, enfermagem e medicina oriental. O instituto de pequeno porte recebe alunos da comunidade coreana na Califórnia.



  Editoria de Arte/Folhapress  
Onde Fica Oakland
Onde Fica Oakland, cidade onde ocorreu o tiroteio em uma universidade nesta segunda

 


Fonte: DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!